Após explorar sofrimento de mãe, Luiz Bacci revela que sua família sofreu ameaça - Portal Overtube Após explorar sofrimento de mãe, Luiz Bacci revela que sua família sofreu ameaça - Portal Overtube

Após explorar sofrimento de mãe, Luiz Bacci revela que sua família sofreu ameaça

Luiz Bacci no Cidade Alerta ameaça a liderança da Globo (Divulgação/TV Record)

Luiz Bacci no Cidade Alerta ameaça a liderança da Globo (Divulgação/TV Record)

A semana começou com uma grande polêmica envolvendo a Record. A emissora da Barra Funda exibiu uma cena muito controversa no Cidade Alerta. Uma mãe descobriu ao vivo que sua filha, que estava desaparecida e sendo procurada pela polícia, foi assassinada pelo namorado.

O caso gerou uma grande repercussão e nas redes sociais os internautas condenaram a postura do canal, da produção do programa e do apresentador Luiz Bacci, que estava conduzindo a entrevista com a mãe enquanto ouvia o advogado do assassino, que confessou o crime.

Usando sua conta oficial em uma rede social, Bacci revelou que recebeu ameaças de morte através do Instagram. “Vocês sabem que essa não foi uma semana fácil para mim, para todos nós, aqui. Ameaça de morte no Instagram”, diz.

“Quando eu sou ameaçado, isso só me faz saber que eu estou no caminho certo. Por causa de uma coisa que aconteceu essa semana, vocês não sabem o que eu fui obrigado a ler. [Fui] ameaçado de morte e ameaçaram de morte a minha mãe. Que coisa horrível”, afirmou, em tom de desabafo.

Bacci já havia se pronunciado

No dia seguinte à polêmica, Bacci se pronunciou. “Antes, quando acompanhamos um caso, pergunto pra família se ela quer acompanhar ao vivo o desdobramento do caso. A mãe da Marcela quis participar da cobertura”, iniciou o contratado da Record.

“A família já sabia que o rapaz já tinha se entregado. Então ficou no ar do que realmente o que ele disse pra polícia. O advogado acabou contando, e a mãe ouviu e passou mal. Qualquer familiar, principalmente mãe, não conseguiria controlar a emoção nesse caso”, continua o apresentador.

Na sequência, ele diz que o Cidade Alerta tem a esperança de que todos os casos exibidos tenham um desfecho feliz. “Mas num país onde a gente vive, quando a gente mostra esse tipo de coisa, é uma cena que machuca a gente demais por mais que estejamos acostumados”.

“O programa demanda uma energia tão grande e é um programa que toda vez a gente entra sem saber qual vai ser o fim dele, porque as histórias não são conduzidas pela gente, são conduzidas por Deus, então a gente sempre acha que está preparado pra dar ou receber uma notícia mas na verdade não está”, afirma Luiz Bacci.

Por fim, ele diz que acredita que o programa serviu para aprender. “E também serve pra mostrar para as autoridades de Brasília”, afirma, dando dados de pessoas que receberam as notícias da morte de seus pais, mães ou filhos.

Top