Após polêmica com Godoy, Record atualiza manual de conduta do Jornalismo - Portal Overtube Após polêmica com Godoy, Record atualiza manual de conduta do Jornalismo - Portal Overtube

Após polêmica com Godoy, Record atualiza manual de conduta do Jornalismo

Mariana Godoy no comando do Fala Brasil (Imagem: Reprodução/Record TV)

Mariana Godoy no comando do Fala Brasil (Imagem: Reprodução/Record TV)

Depois da polêmica envolvendo a âncora Mariana Godoy, que, durante uma edição do Fala Brasil chamou uma live de Jair Bolsonaro de “bizarra”, a Record TV tomou a decisão de atualizar seu manual de conduta para o Jornalismo.

A informação foi divulgada pelo colunista Flávio Ricco, do portal R7, que afirma que a emissora diz que “o jornalismo deve se pautar na busca pela divulgação de informações de forma correta, com isenção, agilidade e credibilidade”.

Segundo o comunicado, que foi enviado por Antonio Guerreiro, vice-presidente da área, o “jornalismo tem uma nova cara, e ferramentas inovadoras precisam ser incorporadas à rotina de trabalho, com responsabilidade e compromisso”. O comunicado na íntegra está disponível no final da publicação.

Veja também:

Cauã Reymond revela motivo de ter se afastado de novela da Globo

RedeTV! pediu autorização de Bolsonaro para mudar programação, diz site

A polêmica

No final de julho, Mariana Godoy anunciou durante uma edição do Fala Brasil uma reportagem em que repercutia uma live realizada pelas redes sociais do presidente Jair Bolsonaro. Na ocasião, ele acusava o processo eleitoral brasileiro de fraude.

“O presidente Jair Bolsonaro insistiu, durante uma live bizarra, que a urna eletrônica facilita fraudes nas eleições. Bolsonaro também criticou o presidente do tribunal Superior Eleitoral, ministro Barroso, contrário a proposta de um voto impresso”, disse.

O termo usado pela jornalista acabou gerando polêmica entre apoiadores do governo, que se posicionaram nas redes sociais. Max Guilherme, assessor da Presidência, chegou a chamar a Record de “comunista” em um post no Instagram.

Leia o comunicado da Record:

“O Grupo Record fez uma atualização do Código de Conduta no Ambiente de Trabalho, com diretrizes especificamente voltadas aos profissionais ligados à vice-presidência de Jornalismo. Diante das transformações contínuas que a internet e as redes sociais impuseram à sociedade, e como consequência, aos meios de comunicação, foi necessário criar um novo documento para orientar os profissionais sobre padrões de conduta nas mídias sociais, para que o Grupo mantenha o compromisso público de informar com credibilidade e responsabilidade.

O manual foi elaborado para estabelecer parâmetros para exposição, no ambiente digital, dos profissionais ligados direta ou indiretamente ao Jornalismo da empresa, no Brasil e no exterior, de forma a manter tanto a credibilidade da empresa quanto a de seus profissionais, qualquer que seja a plataforma utilizada.

O jornalismo deve se pautar na busca pela divulgação de informações de forma correta, com isenção, agilidade e credibilidade. Todos os profissionais do jornalismo do Grupo, sem distinção, têm a responsabilidade de se portar de maneira ética e íntegra em todas as relações, além de reforçar e difundir essa cultura.

Este manual não foi criado para limitar as ações de quem atua direta ou indiretamente com o Jornalismo do Grupo Record, mas para apontar comportamentos esperados de um profissional qualificado e responsável, e alertar sobre alguns riscos aos quais todos estamos sujeitos.

O jornalismo tem uma nova cara, e ferramentas inovadoras precisam ser incorporadas à rotina de trabalho, com responsabilidade e compromisso”.

Top