Apresentador da GloboNews corrige comentarista após comentário polêmico

A logo da GloboNews (Reprodução)

A logo da GloboNews (Reprodução)

Conhecida pelos telespectadores da Globo e da GloboNews como correspondente internacional, a jornalista Carolina Cimenti passou por um momento constrangedor durante o programa Em Pauta, exibido na TV paga na noite de terça-feira (24).

Diretamente de Nova York, a repórter conversava ao vivo com o apresentador Marcelo Cosme e com outros comentaristas da atração. Carolina falava a respeito de Damien Abad, que acaba de ser nomeado ministro pelo presidente da França, Emmanuel Macron.

Abad está enfrentando uma série de acusações de estupros desde 2012, o que gerou polêmica. Ao abordar o tema, a jornalista afirmou que é importante tomar cuidado com o assunto e acabou usando a palavra “denegrir”, que é considerada de cunho racista e caiu em desuso.

Leia outras notícias de hoje Portal Overtube:

Globo muda tudo e anuncia troca nos horários do Mais Você e Encontro

Elizangela pode ser cortada de novela da Globo por não se vacinar contra Covid

Jornalista da GloboNews é corrigida ao vivo

Ao ouvir o comentário de Carolina Cimenti, Marcelo Cosme decidiu se pronunciar e a corrigiu. Ele explicou que essa palavra não é mais usada e disse que deu atenção ao assunto para dar a oportunidade da colega se desculpar com o público de casa.

“Nós cometemos escorregões às vezes, e precisamos lembrar para não acontecer. Você usou uma palavra que não usamos mais: denegrir. Como nós temos essa liberdade, quis chamar sua atenção para você poder se desculpar e não comentarmos mais sobre isso”, afirmou o contratado da Globo.

Carolina, então, se corrigiu e pediu desculpas pelo erro cometido no programa Em Pauta. “Não se usa mais essa palavra. Queria dizer que é como se as acusações ‘diminuíssem’ ou ‘manchassem’ a imagem deste homem. Usei uma palavra que é claramente racista, peço perdão”, disse. “Estamos aqui para isso”, respondeu Cosme, finalizando o assunto.

Top