Apresentador de jornal da Band perde o carro em meio à enchente em São Paulo - Portal Overtube Apresentador de jornal da Band perde o carro em meio à enchente em São Paulo - Portal Overtube

Apresentador de jornal da Band perde o carro em meio à enchente em São Paulo

A logo da Band (Reprodução)

A logo da Band (Reprodução)

As chuvas que castigam São Paulo desde a madrugada desta segunda-feira (10) mexeram com as emissoras de televisão. Muitos profissionais sequer conseguiram chegar aos seus postos de trabalhos porque ficaram presos em locais alagados, como foi o caso de Luiz Megale, apresentador do Café com Jornal, da Band.

Durante numa entrevista ao Aqui na Band, ele explicou que estava a caminho da emissora e acabou tendo seu carro invadido pela água.”Eu não percebi [o volume da água]. Quando a gente vê essa cena, imagina como a pessoa se coloca em uma situação dessa, como a pessoa não pessoa não percebe que a água tava subindo, mas é tudo muito rápido. É uma situação apavorante, água até o umbigo”, explica.

Na sequência, ele diz que mora há muito tempo na região da Lapa. “Conheço tudo por lá, sei dos lugares que alagam. Esse é um trecho que não costuma alagar por isso eu estava tranquilo, mas estava muito escuro, quando peguei a alça de acesso da Ponte do Jaguaré, eu vi que tinha uma quantidade de água, mas só dei conta do tamanho quando a água começou a invadir o carro”.

“Sai empurrando a porta com a perna, é difícil você abrir. Salvei carteira, celular. Uma coisa é alagar, mas aquilo é água do Rio Pinheiros, você sente o odor”, diz ele, que afirma ter vivido uma das experiências mais assustadoras de sua vida.

Joel Datena ficou seis horas preso em carro

Quem também passou por dificuldades foi Joel Datena, apresentador do Bora SP. Ele revelou quando chegou ao programa que se atrasou porque ficou durante seis horas dentro de seu veículo enquanto se dirigia à Band.

“Eu passei por várias situações de risco hoje de manhã. Fiquei seis horas dentro do meu carro. O momento mais difícil foi quando eu fiquei ao lado do córrego e o nível dele estava subindo. As pessoas tentavam a todo custo sair da região, sair da localidade, mas eram impedidos pelo engarrafamento”, disse ele.

Top