Apresentadora faz apelo após ser afastada da Globo: ‘Orem e torçam por mim’

A logomarca da Globo (Imagem: Reprodução)

A logomarca da Globo (Imagem: Reprodução)

Uma apresentadora da Globo fez um forte apelo aos fãs e seguidores numa rede social após ser afastada do telejornal que apresenta na emissora.

Lucieli Dornelles comandava o EPTV1 até testar positivo para a Covid-19 e precisar se afastar de suas funções na Globo. O telejornal local faz parte da grade de programação da afiliada da emissora em Ribeirão Preto.

Já se passaram dois meses desde que a apresentadora da Globo foi acometida pela doença e até hoje sofre com as sequelas que a impedem de retomar o comando do telejornal.

“No final do mês de maio, testei positivo. Nessa época, eu já estava um pouco rouca (alguns de vocês perceberam e até me mandaram mensagem falando) por causa de um refluxo somado a uma laringite, mas nada que me fizesse sair da apresentação. O que eu nunca imaginei, é que a infecção respiratória me faria ficar completamente sem voz”, relatou a apresentadora Luceili Dornelles.

“Aliás, logo descobri que esse é um sintoma bastante comum nessa quarta onda: perda total ou voz meio desafinada, sem constância no tom, sem firmeza, sabe?”, explicou aos seguidores numa rede social.

A apresentadora da Globo Lucieli Dornelles
A apresentadora da Globo Lucieli Dornelles (Foto: Reprodução)

Leia também:

Saiba quanto a Globo paga para cada participante do No Limite 2022

Antonia Fontenelle detona reportagem da Globo sobre Klara Castanho: ‘Covarde’

Apresentadora da Globo pede orações

Ainda em seu relato nas redes sociais, a apresentadora Lucieli Dornelles falou sobre os tratamentos a que tem se submetido.

“Minha laringe ficou ‘seca’, é algo que os especialistas chamam de garganta da covid. Já passei por acompanhamento do otorrinolaringologista — estou tomando vários remédios indicados por ele para melhorar logo — e vejo a minha fonoaudióloga três vezes por semana: além dos exercícios de praxe, ela faz sessões de laser e de eletroestimulação”, revelou.

Em seguida, ela continuou: “A verdade é que tenho feito tudo o que está ao meu alcance para voltar a vida normal o mais breve possível, mas já fui avisada sobre a possibilidade desse processo de recuperação ser mesmo lento. É isso”.

Por fim, ela fez um apelo: “Orem e torçam por mim! Em tempo: continuo trabalhando na EPTV, fazendo o que faço sempre, longe das câmeras: edição de texto! Obrigada, de coração, pelas mensagens de vocês”.

blank
Paulo Victor
Professor e entusiasta da sétima arte, atua na internet há mais de dez anos produzindo conteúdo sobre séries e cinema, aprecia a dramaturgia para as diferentes telas.
Top