Arthur Aguiar defende Jade Picon em Travessia: ‘Ela não tem culpa’

Arthur Aguiar e Jade Picon no BBB 22

Arthur Aguiar e Jade Picon no BBB 22

Arthur Aguiar, vencedor do BBB 22, saiu em defesa de Jade Picon após a digital influencer receber críticas por atuar em Travessia, nova novela das nove da Globo. Jade também participou do reality show e foi uma das principais rivais do ator na disputa pelo prêmio de 1,5 milhão de reais.

“Se o diretor ou a TV Globo decidiu que Jade é importante para aquele trabalho e eles querem que ela faça parte, não cabe a gente julgar se é justo ou não. Se ela não conseguir fazer bem o personagem, o que não acho que vai acontecer, é uma outra questão. Agora, se ela teve essa oportunidade, a gente deveria ficar feliz por ela. Ela está trabalhando, não está roubando, matando, não está fazendo nada de errado”, disse Arthur Aguiar em entrevista publicada pelo portal iG.

O vencedor do BBB 22 ainda criticou as pessoas que reclamam do fato dela ter aceitado a oportunidade oferecida pela Globo de atuar na novela das nove.

“Ela vai dar o seu melhor para realizar aquele trabalho. Quem a critica por não ter tido a mesma oportunidade tem que entender que ela não tem culpa. A pergunta que eu deixo para as pessoas é: se te oferecessem um personagem numa novela, você iria falar que não? ‘Ah, não é justo, acho melhor chamar outra pessoa’. Ninguém iria falar isso. Então por que estão julgando a menina? Deixa a Jade trabalhar!”, falou o ator e cantor.

Leia também:

Larissa Tomásia mira em vaga em A Fazenda 14 após o BBB22: ‘Preparada’

Ilha Record 2: saiba o horário, participantes, prêmio e novidades do reality

Jade Picon terá licença especial para atuar na novela Travessia

Jade Picon foi autorizada pelo Sated-RJ (Sindicato dos Artistas do Rio de Janeiro) a atuar na novela Travessia, substituta de Pantanal no horário nobre da Globo.

Apesar de não ter o registro trabalhista de atriz, o chamado DRT, a Globo precisou pagar uma taxa mensal de 20% do contrato que firmou com a influenciadora digital ao sindicato para que ela recebesse a autorização para atuar na novela.

O Notícias da TV revelou o processo para o pedido de autorização especial para atuar sem registro trabalhista. Um formulário deve ser preenchido online pelo contratante e posteriormente o material é analisado pelo Sated-RJ, podendo ser acatado ou não.

Caso o pedido seja aprovado, a taxa deve ser paga pelo contratante conforme os termos do sindicato. “Cada caso, conforme consta em nosso site, tem um valor que a produtora deverá arcar. As solicitações de autorização especial, se negadas, obrigam as empresas a efetuarem as devidas substituições”, disse um representante do Sated-RJ ao Notícias da TV, indicando que caso o pedido de autorização de Jade Picon fosse negado, ela teria de ser substituída no elenco de Travessia.

Paulo Victor
Professor e entusiasta da sétima arte, atua na internet há mais de dez anos produzindo conteúdo sobre séries e cinema, aprecia a dramaturgia para as diferentes telas.
Top