Bolsonaro acusa GloboNews de disseminar fake news e gera polêmica na web - Portal Overtube Bolsonaro acusa GloboNews de disseminar fake news e gera polêmica na web - Portal Overtube

Bolsonaro acusa GloboNews de disseminar fake news e gera polêmica na web

Eliane Catanhêde foi acusada por Bolsonaro por espalhar fake news na Globo (Reprodução)

Eliane Catanhêde foi acusada por Bolsonaro por espalhar fake news na Globo (Reprodução)

O relacionamento entre o Grupo Globo e o presidente Jair Bolsonaro continua problemático. Mesmo antes de ser candidato à presidência, ele sempre acusou a emissora de agir contra ele e garante que ela é oposição a seu governo.

O embate entre os dois ganhou um novo capítulo nesta quarta-feira (27) por conta de uma informação divulgada em um dos canais do Globosat. Jornalista da GloboNews, Eliane Cantanhêde anunciou que Ricardo Vélez, ministro da Educação, seria demitido. A afirmação foi feita durante o programa Em Pauta.

Usando seu perfil oficial no Twitter, Bolsonaro negou que a informação seja verdadeira. Ele aproveitou para garantir que sofre “fake news diárias como esse caso da ‘demissão’ do Ministro Vélez”. A rede social é praticamente o canal oficial do presidente.

“A mídia cria narrativas de que NÃO GOVERNO, SOU ATRAPALHADO, etc. Você sabe quem quer nos desgastar para se criar uma ação definitiva contra meu mandato no futuro. Nosso compromisso é com você, com o Brasil”, declarou.

LEIA TAMBÉM: ANA HICKMANN PUBLICA CLIQUE COM BOLSONARO, A QUEM CHAMA DE “MEU PRESIDENTE”

Críticas à Globo e a Bolsonaro

Nas redes sociais, como sempre, os usuários se dividiram entre quem concorda e quem discorda de Bolsonaro. O presidente tem quase 4 milhões de seguidores no Twitter e consegue mobilizá-los contra ou a favor de seus interesses.

Depois que Bolsonaro desmentiu a informação de Eliane, seus seguidores colocaram a frase “Globo Fake News” entre os assuntos mais comentados da web. Tanto a jornalista quanto a Globo não chegam a comentar o caso.

Nem todo concorda com a opinião do governante, inclusive algumas figuras públicas. É o caso, por exemplo, da jornalista Rita Lisauskas. Ela é mais conhecida por ter sido uma das âncoras da RedeTV! durante alguns anos.

“A minha opinião que ninguém pediu: A Eliane Cantanhêde tinha a notícia confirmada (não é foca, tem fontes) e o governo decidiu segurar o insustentável Vélez mais alguns dias para desgastar a imprensa e fortalecer o discurso fake news blá blá blá”, publicou.

Até o momento desta publicação, o tweet de Rita tinha mais de oito mil curtidas.

Top