Canal VIVA corta depoimento polêmico em capítulo de Páginas da Vida

Veja o resumo do capítulo de hoje da novela Páginas da Vida (Imagem: Reprodução)

Veja o resumo do capítulo de hoje da novela Páginas da Vida (Imagem: Reprodução)

O canal VIVA estreia mais uma novela de grande sucesso na noite desta segunda-feira (22). Página da Vida é a substituta de Da Cor do Pecado e seu primeiro capítulo vai ao ar a partir das 23h00.

A plataforma de streaming dos Canais Globo sempre publica os seis capítulos da semana antes de suas exibições na televisão. Por conta disso, o público notou uma diferença no capítulo de sábado, dia 27 de novembro.

Na versão original, a trama chega ao fim com a exibição de um depoimento que gerou muita polêmica originalmente. Na ocasião, uma babá revela ter chegado ao orgasmo pela primeira vez ao ouvir um disco do cantor Roberto Carlos.

Exibida originalmente em 2006, Página da Vida exibia um depoimento diferente ao final de cada capítulo. A emissora acabou sendo processada na ocasião, já que a babá chegou a perder seu emprego por conta da exibição de seu depoimento.

Veja também:

Bolsonaro pode barrar concessão da Globo em 2022? Saiba tudo

Globo deixou Camila Queiroz de fora de especial sobre novelas

Excessos

O site NaTelinha relembrou que, na ocasião da polêmica, o autor Manoel Carlos e o diretor Jayme Monjardim concederam entrevistas para falar sobre a polêmica. Maneco admitiu que alguns termos poderiam ter sido cortados.

“Eles são espontâneos. Quem faz a triagem do que deve ou não ir ao ar sou eu e/ou o Jayme. Depois, revendo o depoimento, achei que poderíamos ter cortado algumas palavras, a fim de torná-lo menos pesado. Falha nossa. Peço desculpas a quem possa ter desagradado. Não era nossa intenção criar polêmica e, menos ainda, de escandalizar quem quer que seja”, disse o novelista à Folha de S.Paulo.

A Globo reconheceu que houve um excesso em uma nota publicada naquela ocasião. Em entrevista à RedeTV!, a babá em questão disse que concedeu um depoimento de uma hora, mas apenas essa parte foi exibida. Ela teria recebido R$ 300 na época.

Top