Cinema Especial: Globo exibe o filme ‘Três Verões’ nesta quarta (27/04/2022)

Três Verões é o filme de hoje do Cinema Especial, da Globo (Imagem: Reprodução)

Três Verões é o filme de hoje do Cinema Especial, da Globo (Imagem: Reprodução)

Globo exibirá um filme de drama e comédia na programação deste quarta-feira, dia 27 de abril. A emissora carioca levará ao ar mais uma edição do Cinema Especial, que dessa vez exibe Três Verões, lançado originalmente em 2018.

A produção brasileira é dirigida pela cineasta Sandra Kogut. Estão no elenco da produção os atores Regina Casé, Rogério Fróes, Edmilson Barros, Gisele Fróes, Otávio Muller e Jéssica Ellen.

Leia outras notícias de hoje Portal Overtube:

Criticado, BBB 2022 rendeu mais de R$ 1 bilhão para a Globo

Sonia Abrão se irrita ao vivo com Ana Maria e Fátima: “Vontade de pegar pelo pescoço”

Sinopse e trailer do Cinema Especial

Edgar e Marta formam um rico casal que, em todo verão, entre o Natal e o Ano Novo, recebe amigos e família para festas em sua mansão à beira-mar. Entretanto, quem de fato organiza a casa e gerencia os empregados é Madalena, que sonha em comprar um terreno para que possa abrir seu próprio negócio.

Com isso, ela pede ajuda ao patrão, que lhe empresta dinheiro para ser descontado mensalmente de seu salário, sem imaginar no quanto seria envolvida em seus negócios.

O Cinema Especial vai ao ar a partir das 22h35, logo depois da novela Pantanal.

Veja o trailer de Três Verões:

Mais filme na Globo

Na madrugada do mesmo dia, a Globo exibe outro filme de comédia no Corujão I. A emissora carioca escolheu Minha Obra-Prima, que vai ao ar a partir das 2h25, depois do Conversa com Bial.

A direção do longa-metragem é de Gastón Duprat. Estão no elenco da produção os atores Luis Brandoni, Guillermo Francella, Raúl Arévalo, Cecilia Lemes, Márcio Araújo, Luiz Antônio, Hélio Vaccari e Andrea Frigerio.

Um galerista inescrupuloso e um pintor anti-social são bons amigos apesar de suas diferenças. Um acidente inesperado proporciona aos dois uma possibilidade inédita e ilegal de ganharem dinheiro dentro do corrupto mercado das obras de arte.

Top