Comentarista da CNN Brasil ironiza reunião com Bolsonaro e come pipoca ao vivo - Portal Overtube Comentarista da CNN Brasil ironiza reunião com Bolsonaro e come pipoca ao vivo - Portal Overtube

Comentarista da CNN Brasil ironiza reunião com Bolsonaro e come pipoca ao vivo

O comentarista Leandro Narloch comeu pipoca ao vivo na CNN Brasil (Reprodução/CNN Brasil)

O comentarista Leandro Narloch comeu pipoca ao vivo na CNN Brasil (Reprodução/CNN Brasil)

O comentarista Leandro Narloch decidiu fazer uma entrada para lá de bem humorada na CNN Brasil na manhã desta sexta-feira (22). Tudo aconteceu enquanto o canal especulava a respeito da decisão do ministro Celso de Mello sobre o vídeo da reunião ministerial com o presidente Jair Bolsonaro.

Vários jornalistas apareciam na tela da emissora de notícias para falar sobre o tema, inclusive Phelipe Siani Mari Palma. Aparecendo através de um link, Leandro, então, comentou a respeito do interesse público nas imagens e mostrou que já estava se preparando para a “revelação”.

“Todo mundo quer assistir o vídeo, quanto mais o presidente fala que é melhor não divulgar, mais as pessoas querem assistir. Todo mundo quer passar o fim de semana assistindo este misterioso vídeo. Eu mesmo já estou com a minha pipoca aqui esperando para assistir este vídeo. Todos os brasileiros querem e quanto mais transparência, melhor nesse caso“, disse ele.

Palma e Siani se divertiram com o momento. A jornalista, aos risos, comentou: “O Narloch já marcou a sessão de cinema dele ali do final de semana!”, disse ela. O comentário sobre a pipoca durou mais alguns segundos. Veja o vídeo abaixo:

+ TV

FIlho de William Bonner tem CPF fraudado em auxílio emergencial

William Bonner, âncora do Jornal Nacional (Reprodução/GloboPlay)
William Bonner, âncora do Jornal Nacional (Reprodução/GloboPlay)

O jornalista William Bonner voltou às redes sociais para fazer um desabafo. O apresentador do Jornal Nacional revelou que seu filho foi vítima de fraudadores que usaram seu nome e CPF para fazer o pedido do auxílio emergencial de R$ 600 do governo. Leia a matéria completa clicando aqui.

Top