Comentarista discute com ex-jogador Bebeto em programa e Galvão Bueno fica constrangido - Portal Overtube Comentarista discute com ex-jogador Bebeto em programa e Galvão Bueno fica constrangido - Portal Overtube

Comentarista discute com ex-jogador Bebeto em programa e Galvão Bueno fica constrangido

Discussão deixou Galvão Bueno constrangido no Bem, Amigos (Reprodução)

Discussão deixou Galvão Bueno constrangido no Bem, Amigos (Reprodução)

O narrador Galvão Bueno continua apresentado o programa Bem, amigos no SporTV. O canal faz parte do Globosat, que engloba todos os canais pagos que pertencem ao Grupo Globo.

Na edição da última segunda-feira (1), uma “discussão” acabou deixando Galvão constrangido. O jornalista Marco Antonio Rodrigues fazia comentários a respeito da Copa do Mundo de 1994. Na ocasião, o Brasil conseguiu trazer o título.

O ex-jogador Bebeto, que também jogava pela seleção brasileira na ocasião, também estava presente no programa. O problema é que Bodão, como o comentarista é conhecido, acabou o deixando irritado por creditar a Romário a vitória do evento.

“Na Copa do Mundo de 1994, o melhor jogador foi o senhor Romário, inclusive o melhor do mundo no ano. O Bebeto foi um excelente jogador, um belo coadjuvante, mas o Romário ganhou a Copa para o Brasil. Romário e Bebeto sim, mas o Romário jogou mais, foi decisivo em todos os jogos”, declarou ele, confiante.

LEIA TAMBÉM: CONTRATADO A PESO DE OURO, EX-GLOBO DERRUBA AUDIÊNCIA DA RECORD

Bebeto não gostou da declaração

Bebeto não gostou do que ouviu no programa de Galvão Bueno e decidiu responder. “Bodão, eu não concordo contigo, não, que o Romário ganhou a Copa sozinho. Se a gente não tem um time lá atrás, certinho, não ganha nada. Essa coisa de ganhar Copa sozinho não existe. Claro, ele fez os gols. Mas, se não tem um time, forte, com base forte, ninguém ganha nada sozinho”, opinou.

Se mostrando bem incomodado, Bebeto continuou. “Aí o Neymar fica com essa coisa de ter que decidir sozinho, não vai ganhar sozinho. Tudo é pressão em cima do Neymar, tem que tirar a pressão de cima dele. Ele é um jogador que vai decidir pela qualidade que ele tem, pela habilidade. Não existe isso de ganhar Copa do Mundo sozinho, tá louco”, alfinetou.

Marco Antonio se desculpou e disse que se expressou mal dizendo que Romário ganhou a Copa sozinho. Galvão decidiu entrar na “discussão” e disse que ambos os jogadores tiveram valor para a conquista.

O ex-jogador, no entanto, continuou irritado. “O grupo todo foi importante. Essa coisa de ganhar sozinho não existe. Todo mundo tem que ganhar, ter o mesmo pensamento. Acha que ganhamos por quê? Todo mundo com o mesmo pensamento, um ajudando o outro. Eu abdiquei de muita coisa ali para que o Romário pudesse fazer os gols. Fiz os meus também, mas é por isso que conquistamos”, afirmou.

Claramente constrangido com a situação, Galvão Bueno decidiu quebrar o gelo. “Eu conheço o Bebeto desde que ele era garotinho, desde que chegou ao Flamengo. Poucas vezes eu o vi tão bravo desse jeito”.

Veja o vídeo clicando aqui.

Top