Demissões em massa atingem diversas áreas do SBT e do Grupo Silvio Santos - Portal Overtube Demissões em massa atingem diversas áreas do SBT e do Grupo Silvio Santos - Portal Overtube

Demissões em massa atingem diversas áreas do SBT e do Grupo Silvio Santos

O apresentador Silvio Santos no SBT (Reprodução)

O apresentador Silvio Santos no SBT (Reprodução)

A situação no SBT não é das melhores. Uma onda de demissões, que já era esperada, foi iniciada. No final das contas, o número final de profissionais dispensados do Grupo Silvio Santos pode chegar a nada menos que 150.

A informação foi divulgada nesta quinta-feira (17) pelo colunista Ricardo Feltrin, do portal UOL. Segundo a publicação, o primeiro nome do jornalismo da emissora foi Kallyna Sabino, mas outros nomes também serão anunciados entre hoje as próximas semanas.

Outras empresas do grupo, que contam com a Jequiti, o hotel Jequitimar e a Liderança Capitalização, também terão demissões. De acordo com a coluna, se trata de uma readequação do quadros diante da grave crise econômica sofrida nos últimos anos pelo grupo.

Uma das marcas mais famosas e que ganha comerciais diários na programação, a Jequiti seria uma das maiores responsáveis pelos prejuízos, que existem há anos. Enquanto isso, o SBT tem atingido uma rentabilidade próxima do zero.

Estima-se que ao menos três funcionários de cada setor percam seus empregos. Por conta disso, como não poderia ser diferente, o clima é de bastante tensão e tristeza em diferentes departamentos da emissora.

Por fim, Ricardo Feltrin deixa claro que a crise não tem, necessariamente, ligação com a falta de verbas do governo. Primeiro, porque os anúncios nunca sustentaram qualquer rede de televisão, já que nunca chegaram nem a 10%. Além disso, ainda existe publicidade na TV aberta, ainda que em menor escala.

Novas informações sobre o caso devem ser divulgadas nos próximos dias.

Top