Enquete Bake Off Brasil 2019: Quem vai ganhar? - Portal Overtube Enquete Bake Off Brasil 2019: Quem vai ganhar? - Portal Overtube

Enquete Bake Off Brasil 2019: Quem vai ganhar?

Bake Off Brasil

Bake Off Brasil

O portal Overtube está promovendo uma Enquete Bake Off Brasil 2019 para saber quem vai ganhar o programa na atual temporada. Logicamente, baseado no gosto dos leitores do site.

Enquete Bake Off Brasil 2019: Quem vai ganhar?

Veja mais sobre os concorrentes que podem ganhar o Bake Off Brasil 2019

Bela

Bela tem 25 anos e antes de se formar em Design, vendia doces pela sua cidade, em cima de sua bicicleta. Quando se formou, decidiu que não iria mais esperar para ser feliz e seguiria a mesma paixão do seu avô, que é confeiteiro. É calma, centrada, mas se diz irônica, “fluente em sarcasmo”, adora conhecer coisas novas e está em busca do seu lugar no mundo.

Carol

Carol tem 24 anos e é filha de uma empregada doméstica e um metalúrgico. Tem um jeito de menina, mas não se engane, porque ela é uma mulher forte . Ela quer espalhar o amor através da confeitaria. Focada e determinada, é o orgulho dos pais e aprendeu a confeitar vendo a mãe e a avó fazendo doces.

Claudio

Claudio diz que a sua ligação com a confeitaria começou cedo, aos 7 anos, quando ajudava sua avó a fazer bolos. Apesar da paixão pelos doces, parou de confeitar durante sua carreira como policial. Carismático, após anos na PM, trocou a farda pelo avental de confeiteiro e começou vender seus doces fazendo músicas e paródias para atrair público.

Francisco
Francisco nasceu praticamente dentro de uma cozinha, aprendeu a fazer doces com a sua avó e hoje sabe executar diferentes técnicas de confeitaria. Diz que o amor pelos doces “está no sangue”. Acha que sua cidade é muito pequena para ele e diz que quer entrar para ganhar, e não fazer figuração.

Herb

Francisco nasceu praticamente dentro de uma cozinha, aprendeu a fazer doces com a sua avó e hoje sabe executar diferentes técnicas de confeitaria. Diz que o amor pelos doces “está no sangue”. Acha que sua cidade é muito pequena para ele e diz que quer entrar para ganhar, e não fazer figuração.

João 

João tem autoconfiança que, segundo ele, assusta as pessoas. Diz que não entra em competição para perder. Sempre arrumado, é fã de gravatas borboleta e diz que pode ser um doce se quiser. Aprendeu confeitaria com 11 anos, vendo a mãe fazer e comercializar seus doces, e quando começou vender os seus, chegou a pagar um intercâmbio com o dinheiro das vendas.

Karoline 

Karolina é filha de um goleiro de futebol e uma jogadora de vôlei que vendia doces. Ela é simpática, alto astral, criativa e fã de bolos esculpidos. Conta que sonhava em ser campeã olímpica, mas a confeitaria tornou-se uma paixão tão grande que agora, só pensa em ser campeã do Bake Off.

Natália

Natália é feminista e bastante confiante. Na confeitaria, conta que suas duas avós foram as principais inspirações para ela começar a fazer doces e que largaria tudo para participar do Bake Off. Viajada, aposta em novos sabores em suas receitas e acredita que suas “asas” podem levá-la aonde ela quiser.

Wayner 

Wayner é calmo e doce. Ama conhecer outras culturas e, em especial, a cozinha estrangeira. Fala 4 idiomas e após um intercâmbio na França, começou estudar confeitaria em São Paulo. Sua ligação com os doces começou ainda pequeno, com as balas de cupuaçu que sua avó e depois sua mãe vendiam. Não gosta de críticas, mas se tiver fundamentos, ele escuta.

Yago 

Yago é tímido e calado. Por problemas financeiros, deixou a faculdade de Engenharia no segundo ano e descobriu na confeitaria o seu grande amor. Segundo ele, sua vida mudou depois que começou a confeitar. Apesar de fazer e conhecer diversos tipos de doces, acha difícil decorar os nomes franceses das receitas “só sei fazer em português mesmo”. Autodidata, diz ser um cara “de boa, que gosta de respeitar os outros”.

Top