Ex-empresário de Mário Frias pede que secretário não chame a Globo de "lixo" - Portal Overtube Ex-empresário de Mário Frias pede que secretário não chame a Globo de "lixo" - Portal Overtube

Ex-empresário de Mário Frias pede que secretário não chame a Globo de “lixo”

Mário Frias ao lado do presidente Jair Bolsonaro (Imagem: Reprodução/Instagram)

Mário Frias ao lado do presidente Jair Bolsonaro (Imagem: Reprodução/Instagram)

Mário Frias, secretário especial de Cultura do governo de Jair Bolsonaro (sem partido), está envolvido em uma nova polêmica. Depois de ser acusado de trabalhar armado, ele foi “aconselhado” por um ex-empresário.

Guilherme Abreu, que, de acordo com ele mesmo já foi empresário de Frias, usou as redes sociais para publicar uma cartar aberta em que critica a gestão do secretário da Cultura e pede que ele “pare de tirar fotos com cara de mau”.

“Ilustríssimo Senhor Mario Frias. Venho por meio desta lembrá-lo que fui seu primeiro empresário na Malhação, da TV Globo. Como sempre tive oportunidades de lhe dar conselhos, exerço esse dever, de você parar de tirar fotos com cara de mau e armado”, pediu.

Veja também:

Sikêra Jr. passa mal, abandona Alerta Nacional e é substituído às pressas

Jornalista da Record diz que foi demitida por posar de biquíni: “Machismo”

Globo “lixo”

Em outro ponto, Guilherme Abreu faz um pedido. “Você deveria trazer ajuda para a nossa classe artística, verbas para os funcionários e similares para poder sobreviverem, trazer ideias, abrir carteiras de crédito e ser de verdade um defensor da classe”, escreveu ele.

Em seguida, o ex-empresário fala sobre a informação de que Mário Frias anda armado. “Li, tristemente que você berra e humilha seus funcionários? Pra que? Por que andas armado? Está devendo algo a alguém? Está sendo perseguido? Reflita e mostre com a sua gestão uma linha de crédito para toda a nossa classe”, continuou.

Por fim, ele volta a citar a Globo. “E não chame a TVG [TV Globo] de ‘Globolixo’, do qual foi seu primeiro emprego! Exerça seu cargo com celeridade e com inteligência para nos ajudar”, encerrou.

Veja a publicação de Guilherme Abreu:

Top