Fátima Bernardes posta vídeo de William Bonner para criticar Bolsonaro - Portal Overtube Fátima Bernardes posta vídeo de William Bonner para criticar Bolsonaro - Portal Overtube

Fátima Bernardes posta vídeo de William Bonner para criticar Bolsonaro

Fátima Bernardes no Encontro (Imagem: Reprodução/GloboPlay)

Fátima Bernardes no Encontro (Imagem: Reprodução/GloboPlay)

A apresentadora Fátima Bernardes usou as redes sociais para compartilhar um vídeo do ex-marido, o jornalista William Bonner, para fazer uma clara crítica ao presidente Jair Bolsonaro.

Usando a ferramenta stories de sua conta oficial no Instagram, Fátima publicou o vídeo da escalada do Jornal Nacional desta terça-feira, dia 21 de setembro, que repercutia o discurso de Bolsonaro na Assembleia Geral da ONU.

Durante a edição do telejornal mais visto do país, Bonner e Renata Vasconcellos desmentiram diversas informações falsas disseminadas pelo presidente, que chegou a defender o tratamento precoce durante as declarações.

Veja também:

Ana Maria Braga usa expressão considerada racista na Globo e é criticada

Renata Lo Prete detona Bolsonaro após discurso polêmico: “Crime contra a humanidade”

Crítica no Encontro

Durante o Encontro de terça-feira, Fátima Bernardes conversou com Michelle Loreto e afirmou que sentiu vergonha com o que ouviu. “Vacina e consciência, né? Não negacionismo! Olha, é muito difícil a gente ouvir isso, dá uma vergonha sabe…”, disse ela.

Em outro ponto, ela deu mais detalhes a respeito. “Você ouvir diante de tantos líderes mundiais, que estão lutando, líderes que muitas vezes não tem acesso a vacina por serem países muito pobres, você ouvir que um presidente diz que é contra uma prefeitura exigir uma comprovação de vacinação para garantir a segurança de todos…”, disse.

“A denúncia recente do Fantástico de mostrar que tem gente que morreu com tentativas de tratamento precoce, é muito triste, eu fico assim… Eu fico triste e lamento muito que a gente ainda esteja falando disso, quando a gente deveria estar falando de vacina que tem lugar que ainda não chegou no Brasil, sobre a questão de controlar a vacinação, saber de pessoas que estão tomando, convocação para a segunda dose que não é feita. É muita coisa para fazer e não isso, infelizmente… Mas vamos em frente”, finalizou.

Top