Globo dispensa funcionários e Se Joga não deve voltar ao ar após coronavírus - Portal Overtube Globo dispensa funcionários e Se Joga não deve voltar ao ar após coronavírus - Portal Overtube

Globo dispensa funcionários e Se Joga não deve voltar ao ar após coronavírus

Fabiana Karla, Fernanda Gentil e Érico Brás no Se Joga (Divulgação/Globo)

Fabiana Karla, Fernanda Gentil e Érico Brás no Se Joga (Divulgação/Globo)

Não é segredo pra ninguém que o programa Se Joga é um grande problema para a Globo. Lançado em setembro do ano passado na programação vespertina, a atração comandada por Fernanda Gentil, Fabiana Karla e Érico Brás é um verdadeiro fracasso de audiência

Desde seu início, a atração apresentou frequentes derrotas para a Record, que conseguiu manter uma ótima audiência com o programa Balanço Geral. O ponto alto do programa, é claro, é o quadro A Hora da Venenosa, apresentado por Fabíola Reipert.

A pandemia do novo coronavírus, entretanto, acabou trazendo um ponto positivo para a grade da Globo no período da tarde. A emissora carioca suspendeu vários programas de auditório, entre eles o Se Joga. Para o horário, o Jornal Hoje foi esticado e a Sessão da Tarde entra mais cedo no ar.

O resultado foi muito positivo: o jornalístico apresentado por Maju Coutinho cresceu em audiência desde o início da pandemia, enquanto a Sessão da Tarde vem se mantendo com números mais altos que o programa de variedades. Dependendo do filme, chega (ou ultrapassa) até os 15 pontos.

Será o fim do Se Joga?

Desde março, há quem aposte que o Se Joga não vai retornar quando o caos chegar ao fim e o isolamento social finalmente for encerrado. E a tendência é que, de fato, o vespertino não volte à programação. É o que garante o site Noticias da TV.

De acordo com a publicação, existe um grande risco de cancelamento. Em várias ocasiões, o assunto vem sendo discutido por diretores do primeiro escalão da Globo, que seguem se reunindo online para discutir o futuro da grade.

Profissionais já foram dispensados do programa, mas o canal afirma que funcionários, incluindo Paulo Vieira, já estavam fora do ar. “Como o quadro não está no ar, as pessoas não estão mais alocadas ao projeto. Quem era obra certa ou curto prazo foi dispensado”, afirmou, em nota.

O que acontecerá com o horário ainda é um mistério. Não necessariamente manter o Jornal Hoje mais longo seja uma boa ideia, já que nem sempre o noticiário gera tanto interesse. É mais certo que uma atração de entretenimento, que tem apelo comercial, seja a escolhida. Será essa a salvação do Se Joga? Apenas o tempo dirá.

Top