Globo é processada por ex-produtor por brincadeiras de Faustão - Portal Overtube Globo é processada por ex-produtor por brincadeiras de Faustão - Portal Overtube

Globo é processada por ex-produtor por brincadeiras de Faustão

O apresentador Faustão, da Globo (Reprodução)

O apresentador Faustão, da Globo (Reprodução)

Globo está sendo processada por Renato Oliveira Cardoso, ex-produtor do programa Domingão do Faustão. A informação foi divulgada pelo site Audiência Carioca (via RD1), que afirma que se trata da ação 0010059 03.2014.5.01.006 / 2015, que corre no Tribunal Regional do Trabalho da 1ª Região do Rio de Janeiro.

Segundo a publicação, os motivos do processo de danos morais contra a emissora carioca são as brincadeiras “sofridas” por ele quando trabalhava ao lado de Fausto Silva na atração exibida aos domingos.

De acordo com Renato, as piadas pelas quais ele era submetido ao vivo pelo comunicador o difamavam em rede nacional. O profissional diz ter sido chamado de “mulherengo”, “galinha” e ainda ouvia que “se o marido da telespectadora não dava mais no couro, era só chamar o Renatinho”.

Situações desse tipo teriam causado uma série de brigas com sua esposa. “Ocorre que, além de expor o Reclamante ao ridículo em rede nacional e internacional, os comentários do Sr. Fausto Silva iniciaram várias brigas entre o Autor e sua ex-esposa, até o momento em que o ‘Faustão’ declarou ao vivo que o Reclamante foi noivo por oito vezes, o que foi o estopim para o final do casamento do Demandante, sendo certo que a ex-esposa do Reclamante sequer ouviu suas explicações de que tais fatos jamais ocorreram”, dizem os autos.

Em outro trecho, o processo diz que Renato tentou argumentar com Faustão e solicitou que as afirmações parassem. Como resposta, ele teria ouvido que, caso quisesse que algo mudasse, precisaria se afastar do Domingão.

A publicação afirma, por fim, que a Justiça não concedeu o pedido de danos morais. Apenas foram concedidos os pagamentos relacionados à jornada de trabalho, que envolvem acúmulo de função e horas extras.

Top