Globo faz alteração e retira Sandra Annenberg da lista de plantonistas do Jornal Nacional - Portal Overtube Globo faz alteração e retira Sandra Annenberg da lista de plantonistas do Jornal Nacional - Portal Overtube

Globo faz alteração e retira Sandra Annenberg da lista de plantonistas do Jornal Nacional

Sandra Annenberg não apresentará mais o Jornal Nacional, na Globo (Reprodução)

Sandra Annenberg não apresentará mais o Jornal Nacional, na Globo (Reprodução)

A jornalista Sandra Annenberg é uma das profissionais mais reconhecidas e populares da Globo. A emissora, no entanto, decidiu retirá-la de uma das funções que ela acumulava há alguns anos.

De acordo com informações divulgadas pelo portal F5, o canal carioca optou por fazer mais uma mudança na equipe que cobre os plantões do Jornal Nacional aos sábados e feriados. Nesses dias, os titulares William Bonner Renata Vasconcellos estão de folga.

Com a alteração, Annenberg foi mais uma veterana a deixar o posto. Do fim do ano pra cá, outros profissionais também foram cortados do telejornal mais importante do país. Além de Chico Pinheiro, Alexandre Garcia, que deixou a Globo, também fazia plantão.

Enquanto isso, os jornalistas Flávio Fachel, Dony de Nuccio e Maju Coutinho se juntaram à equipe. Continuam fazendo parte Cesar Tralli, Rodrigo Bocardi e Monalisa Perroni, além de Heraldo Pereira, que já é menos assíduo no Jornal Nacional.

Essa é a terceira vez que Sandra Annemberg deixa o time de plantonistas do jornalístico. Ela esteve no cargo entre 1998 e 2000, depois de 2002 a 2010 e, por último, entre 2013 e 2019. Titular do Jornal Hoje há anos, ela também apresenta o programa Como Será?, exibido aos sábados.

LEIA TAMBÉM: TÚLIO GADÊLHA DETONA JORNALISMO DA GLOBO

Globo altera nome de sessão de filmes por R$ 4,8 milhões

Globo vai apresentar uma série de novidades em sua programação no mês de abril. Uma delas é a saída temporária da Sessão de Gala de suas madrugadas de domingo, sessão de filmes já tradicional na emissora carioca.

De acordo com informações publicadas pelo site Notícias da TV, entra no ar no dia 28 de abril a Sessão Rexona de Cinema. Serão cinco produções escolhidas a dedo, todas elas de ação e com grandes nomes no elenco.

A emissora ganhou um novo patrocinador e, pela venda dos chamados “naming rights“, cobrou a bagatela de R$ 4,8 milhões. A publicação relembra que ações como essa eram comuns há várias décadas, quando existiram, por exemplo, as novelas da Colgate-Palmolive.

No segundo semestre do ano passado, a Globo buscava aumentar suas receitas. Os diretores do canal tiveram a ideia de distribuir no mercado publicitário um novo modelo de negócio. Ele visava buscar patrocínio para várias de suas sessões de filmes.

A proposta incluía o nome do patrocinador no título do programa, como foi o caso da Rexona. Além disso, várias inserções seriam feitas durante os intervalos comerciais. Tal modelo não gerou bons resultados na ocasião.

O novo contrato

O contrato firmado com a Unilever será de cinco semanas. A empresa optou por usar o nome da marca de desodorantes na faixa e optou por exibir filmes que tenham ligação com o produto que esperam vender.

A partir de 28 de abril serão exibidos os filmes Os Mercenários (2010), Lara Croft: Tomb Raider (2001), Fúria (2014), As Panteras – Detonando (2003) e S.W.A.T – Comando Especial (2003). Várias cenas com personagens suados aparecem nos longas, trazendo uma mensagem clara ao telespectador.

Ainda segundo o Notícias da TV, a sessão terá direito a uma abertura integrada ao nome do produto, além de uma assinatura de sete segundos. E não para por aí: também estão inclusos dois inserts e um encerramento.

A publicação afirma que a novidade foi anunciada pela Globo em um comunicado que informava todos os lançamentos marcados para o mês que acaba de ser iniciado.

Top