Globo faz Bonner ler nota de repúdio após ataque de bolsonarista - Portal Overtube Globo faz Bonner ler nota de repúdio após ataque de bolsonarista - Portal Overtube

Globo faz Bonner ler nota de repúdio após ataque de bolsonarista

William Bonner, âncora do Jornal Nacional (Reprodução/GloboPlay)

William Bonner, âncora do Jornal Nacional (Reprodução/GloboPlay)

Jornal Nacional da noite desta quarta-feira (13) decidiu repercutir um caso de violência sofrida pelo repórter cinematográfico Leandro Matozo, que foi agredido por um apoiador de Jair Bolsonaro na terça-feira (12).

O crime aconteceu na cidade de Aparecida, no interior de São Paulo. O apresentador William Bonner leu um comunicado em nome do Grupo Globo e afirmou que a empresa repudia a agressão sofria por Leandro.

“Um profissional exemplar, e se solidariza. A emissora está tomando as medidas legais para apoiá-lo e neste caso segue sempre o protocolo para garantir a segurança de seus jornalistas. A Globo continuará fazendo o jornalismo de qualidade que a caracteriza com independência e correção”, disse o âncora.

Veja também:

Datena fala sobre sair da Band para concorrer à presidência

William Bonner diz que vai se aposentar: “Tenho que descansar”

Entenda o caso

Na terça-feira (12), o repórter cinematográfico Leandro Matozo estava na companhia do jornalista Victor Ferreira para cobrir as comemorações em homenagem à Nossa Senhora Aparecida, padroeira do Brasil.

Um professor de escola público se aproximou de Leandro e Victor e começou a xingar a equipe, chegando a ameaçá-los. Na sequência, o agressor teria agredido Matozo fisicamente com uma cabeçada no rosto.

O SJSP (Sindicato dos Jornalistas Profissionais no Estado de São Paulo) disse (via portal UOL) que o agressor é professor de uma escola estadual em Mogi das Cruzes, que também fica em São Paulo, e apoiador do presidente Jair Bolsonaro.

Top