Globo pode fechar estúdios mais uma vez; reprises podem ser escaladas - Portal Overtube Globo pode fechar estúdios mais uma vez; reprises podem ser escaladas - Portal Overtube

Globo pode fechar estúdios mais uma vez; reprises podem ser escaladas

Vitória (Taís Araújo) em Amor de Mãe (Reprodução / TV Globo)

Vitória (Taís Araújo) em Amor de Mãe (Reprodução / TV Globo)

Sem exibir novelas inéditas desde o último mês de março, a Globo ainda pode passar um 2021 sem grandes novidades em sua programação. Tudo vai depender do caminhar da pandemia do novo coronavírus, que segue assolando o mundo.

A emissora carioca suspendeu as gravações de todas as suas novelas depois que a OMS (Organização Mundial da Saúde) anunciou a pandemia. Desde então, todos os horários ganharam folhetins repetidos, sem data para a normalização.

Depois de vários meses sem expediente nos estúdios, os trabalhos foram retomados aos poucos em agosto, quando as novelas Amor de Mãe Salve-se Quem Puder voltaram a ser filmadas. Tudo feito da forma mais tranquila possível para evitar problemas.

Depois de apresentar uma queda nos números de casos da Covid-19, o Brasil tem crescido mais uma vez e mais de sete milhões de cidadãos já foram infectados. Além disso, o número de mortes passa de 191 mil e continua em alta.

Veja também:

Sandra Annenberg detona governos negacionistas na pandemia: “É inacreditável”

Repórter do Mais Você revela que pesava 136 kg e chora ao vivo: “Uma luta”

Estúdios fechados?

Com essa realidade, é possível que a Globo tome a decisão de fechar seus estúdios mais uma vez. Ao menos é o que afirma o colunista Flávio Ricco, do portal R7, que garante que essa possibilidade não está descartada internamente.

Se isso for confirmado, é claro, naturalmente mais reprises de novelas serão escolhidas. Depois que Amor de Mãe e Salve-se Quem Puder tiverem seus últimos capítulos exibidos, sucessos de outras ocasiões poderão voltar ao ar.

Por enquanto, tudo não passa de especulação. Mas o fato é que o Brasil não vem apresentando uma tendência real de queda de casos e de mortes, acima de tudo com os problemas relacionados à vacinação. Resta aguardar.

Top