Globo põe ordem na casa e dispensa exclusividade de todos os seus artistas

A logomarca da Globo (Imagem: Reprodução)

A logomarca da Globo (Imagem: Reprodução)

A Globo resolveu por ordem na casa e dispensará a exclusividade por todo o seu elenco nos próximos três anos. A novidade foi revelada nesta sexta-feira (10) pela colunista Cristina Padiglione, da Folha de S. Paulo.

Nos últimos anos a Globo tem encerrado os longos contratos com seus artistas. Tem sido comum ver notícias de atores famosos deixando a emissora nos últimos meses. A partir de agora, a intenção é que os contratos sejam feitos por obra. Assim, os artistas ficam comprometidos com o grupo Globo enquanto desenvolvem algum trabalho para a organização. Depois, ficam livres para respirar outros ares.

Segundo a colunista, os artistas que ainda possuem contratos de exclusividade foram reunidos por Ricardo Waddington – diretor de Entretenimento da Globo – para receber a notícia. Muitos deles tem contratos que se encerram nos próximos três anos.

Quando todos os contratos de exclusividade chegarem ao fim, a Globo terá 100% do seu elenco com contratos por obra.

Leia também:

William Bonner vai deixar o Jornal Nacional? Jornalista se pronuncia e revela a verdade

Jornalista da Globo elogia Bolsonaro, comete gafe e é corrigida ao vivo

Decisão da Globo é histórica

A decisão da Globo de não renovar os contratos de exclusividade com seus artistas é histórica. O modelo garantiu que desde os anos 1970 a emissora tivesse os medalhões da TV em seus folhetins.

Com o mercado de dramaturgia aquecido com a chegada dos serviços de streaming ao país, a Globo vê a decisão como algo certeiro. Para a emissora, dá mais oportunidade de planejamento dos seus futuros projetos e redução de custos; para os artistas, a mobilidade entre emissoras de TV ou realização de trabalhos nos serviços de streaming abrem mais portas e aumentam a visibilidade de seus trabalhos.

Decisão não foi bem vista por alguns funcionários

A decisão de abolir os contratos de exclusividade com atores pegou muitos deles de surpresa. O anúncio, inclusive, gerou desconforto em alguns artistas, que trataram a decisão como uma “demissão coletiva”. As informações da coluna F5, da Folha de S. Paulo.

Ainda segundo a coluna, o fim dos contratos de exclusividade resulta também no fim das longas férias remuneradas. Nesta modalidade de contrato, os artistas continuavam recebendo salário mesmo quando estavam fora do ar – algo que não acontecerá mais a partir de 2025.

Leia também:

Saiba para onde vai o diretor Dennis Carvalho após deixar a Globo

RedeTV! promove dança das cadeiras e contrata ex-Pânico para salvar Encrenca

Emissora se pronuncia

A Globo se pronunciou sobre a reunião revelada pela Folha de S. Paulo, que teria como tema o anúncio do fim dos contratos de exclusividade com os artistas da casa.

“Não é verdade que a Globo tenha feito uma reunião para falar de contratos com o elenco, mas esse foi, sim, um dos assuntos abordados. Com clareza e transparência, como é a tônica da relação que tem com seus funcionários. Também não é verdade que a Globo deixará de ter contratos por prazo longo”, disse a emissora em nota.

E continuou: “A Globo tem ajustado seus modelos de contrato às dinâmicas do mercado, com a possibilidade de fazer contratos por obra ou por período (prazo longo), de acordo com o planejamento de projetos”.

Paulo Victor
Professor e entusiasta da sétima arte, atua na internet há mais de dez anos produzindo conteúdo sobre séries e cinema, aprecia a dramaturgia para as diferentes telas.
Top