Globo recebe 75% mais investimento em publicidade na busca pela reeleição de Bolsonaro

Governo Bolsonaro aumentou verba de publicidade para a Globo em 2022

Governo Bolsonaro aumentou verba de publicidade para a Globo em 2022

A Globo recebeu 75% mais investimento em publicidade do Governo Federal no primeiro semestre deste ano em comparação com o período no ano passado, informou o Uol. Os dados surpreendem visto que o governo Jair Bolsonaro (PL) ficou conhecido pelos ataques frequentes a emissora carioca e ameaças de corte de verba.

Além disso, Jair Bolsonaro constantemente faz ameaças de não renovação da concessão da Globo – apesar disso, a análise e decisão da renovação ou não da concessão vai além das responsabilidades do presidente, como o Portal Overtube explicou em outra publicação.

Apesar dos ataques, o governo federal segue um caminho contrário ao discurso de Jair Bolsonaro e tem investido cada vez mais em publicidade na emissora. De acordo com informações do Uol, no primeiro semestre de 2021 a Globo recebeu cerca de 6,5 milhões de reais pela veiculação de peças publicitárias do Governo Federal a nível nacional e regional.

Leia também:

Datena cancela férias, aparece no Brasil Urgente e desiste de candidatura

Antonia Fontenelle detona reportagem da Globo sobre Klara Castanho: ‘Covarde’

Verba de publicidade do Governo Federal para a Globo aumentou em 2022

No entanto, no mesmo período do ano de 2022, o governo Jair Bolsonaro pagou a Globo cerca de 11,4 milhões de reais pelo mesmo serviço (publicidade), o que representa um aumento de 75% no investimento.

Com Jair Bolsonaro buscando a reeleição nas eleições de outubro de 2022, o Governo Federal tem investido para veicular material publicitário informando os feitos do governo durante o primeiro mandato do atual presidente. Isso inclui obras, programas sociais e ações tomadas durante a pandemia da Covid-19.

Outro ponto observado pela reportagem do Uol é a mudança do tipo de publicidade veiculada pelo Governo Federal na Globo. Enquanto no primeiro semestre de 2021 maior parte dos materiais publicitários eram do tipo “utilidade pública”, no mesmo período de 2022 passou a ser maioria as campanhas institucionais, ou seja, que fazem propaganda do próprio governo. Já as ações de utilidade pública foram reduzidas a apenas 2 (contra 72 do material institucional).

Paulo Victor
Professor e entusiasta da sétima arte, atua na internet há mais de dez anos produzindo conteúdo sobre séries e cinema, aprecia a dramaturgia para as diferentes telas.
Top