Globo resgata mito de Alma Gêmea em nova novela das nove; entenda

Priscila Fantin como Serena na novela Alma Gêmea, da Globo

Priscila Fantin como Serena na novela Alma Gêmea, da Globo

A Globo deve resgatar em sua nova novela das nove um mito explorado na trama de Alma Gêmea. O folhetim de Walcyr Carrasco está no ar pelo canal Viva e muitos telespectadores que estão acompanhando a reprise no canal pago podem relembrar a história de Serena.

A indígena interpretada por Priscila Fantin fazia parte de uma comunidade original do pantanal do Mato Grosso do Sul, os terena. A tribo ficava localizada perto da Gruta do Lago Azul, ponto turístico de Bonito (MS).

Na trama, Serena tinha visões de uma rosa quando ia a Gruta do Lago Azul. Essas visões eram o elo com sua vida passada, Luna (Liliana Castro). Após entender que ela tinha outro caminho para perseguir, ela decide se mudar para São Paulo, onde conhece Rafael (Eduardo Moscovis), que também fora seu amor na vida passada.

Agora, Walcyr Carrasco deverá revisitar a Gruta do Lago Azul em Terra Vermelha, sua nova novela para o horário das 21h na Globo. A trama, cujo título ainda é provisório, será exibida na sequência de Travessia, de Glória Perez, que por sua vez substitui Pantanal na faixa das nove em outubro.

Leia também:

Saiba quais atores da novela Caminho das Índias já morreram

Globo fecha o cerco contra antivacinas e exige dos funcionários esquema completo contra Covid

Qual a história da nova novela das nove da Globo?

A novela Terra Vermelha, novo folhetim de Walcyr Carrasco para a faixa das nove, deve resgatar a origem de Serena, de acordo com o site TV História. Em Alma Gêmea, Serena era filha de uma índia com um pai branco – história semelhante a Lenda das 700 Luas.

Segundo o site Notícias da TV, a nova novela de Walcyr Carrasco para a Globo deverá se basear na Lenda das 700 Luas, explorando mais sobre a origem de Serena e a história do povo terena, ligado a região do pantanal do Mato Grosso do Sul e as proximidades da Gruta do Lago Azul.

A Lenda das 700 Luas fala de casais que faziam um pacto. Eles deveriam se conhecer num período de 700 luas e só depois decidir se iriam se casar. Caso aceitassem se casar, um ritual dentro da Gruta do Lago Azul era realizado onde um pacto de união eterna era feito onde nem a morte poderia separar os dois.

A lenda ainda conta que um cacique escolheu Cacai, a mulher mais bonita, para fazer o pacto das 700 luas. No entanto, durante o período ela se apaixonou por um estrangeiro e não aceitou se casar com o cacique. No entanto, ele acabou a forçando a realizar o pacto dentro da gruta e os dois foram unidos para sempre. Apesar do pacto, Cacai seguiu seu coração e fugiu com o estrangeiro. Os dois desceram o Rio Famoso de canoa e o cacique foi atrás, fazendo com que a profecia se cumprisse – Cacai é atingida por uma flecha e seu sangue é derramado no rio.

Paulo Victor
Professor e entusiasta da sétima arte, atua na internet há mais de dez anos produzindo conteúdo sobre séries e cinema, aprecia a dramaturgia para as diferentes telas.
Top