Globo se pronuncia após declarações polêmicas de Jéssica Senra sobre goleiro Bruno - Portal Overtube Globo se pronuncia após declarações polêmicas de Jéssica Senra sobre goleiro Bruno - Portal Overtube

Globo se pronuncia após declarações polêmicas de Jéssica Senra sobre goleiro Bruno

A jornalista Jéssica Senra, da afiliada da Globo na Bahia (Reprodução)

A jornalista Jéssica Senra, da afiliada da Globo na Bahia (Reprodução)

A jornalista Jéssica Senra ganhou projeção nacional no segundo semestre do ano passado. A jornalista da Globo foi uma das profissionais escolhidas das afiliadas da emissora para apresentar o Jornal Nacional, que realizou um especial por seus 50 anos.

Nesta semana Senra retornou aos sites especializados e às redes sociais depois que um comentário polêmico viralizou. Depois que o BA1, equivalente ao SP1, exibiu uma reportagem falando sobre a eventual contratação do goleiro Bruno por um clube, ela se posicionou contra.

Depois que o vídeo foi muito compartilhado nas redes sociais, o colunista Maurício Stycer procurou o canal carioca para tratar do caso. O diretor de jornalismo Ali Kamel conversou com a coluna do portal UOL e afirmou que não é responsável pelo jornalismo das afiliadas.

Ainda que elas sejam orientadas a seguir os princípios editoriais da Globo, todas são independentes. Kamel conversou com Eurico Meira, que tem o mesmo cargo na TV Bahia. Jéssica Senra propôs dar sua opinião depois que a reportagem exibiu falas a favor da contratação, como um contraponto. Foi autorizada.

“O comentário não fere os nossos princípios. É vedado a todos se posicionar politico-eleitoralmente. Ou partidariamente. Mas, especialmente no jornalismo local, comunitário, criticar serviços administrativos mal feitos, criticar falta de segurança, coisas assim, é plenamente aceitável, desde que com contraponto, como houve”, explica ele.

Apresentadores têm autorização para opinar

Ali Kamel explica que é um caso raro por envolver uma questão moral. “Mas foi legítimo o posicionamento dela e do telejornal (que trouxe opiniões contrárias à dela e, mais tarde, expôs mensagens na internet contra e a favor durante o jornal)”.

Por fim, ele garante que os apresentadores locais têm autorização para opinar. “E, sim, (Cesar) Tralli e (Rodrigo) Bocardi e qualquer um poderiam agir igual. Aliás, já agem, criticando mau atendimento na saúde etc etc. Desde que com opiniões contrárias”, concluiu.

Não assistiu a crítica de Jéssica Senra? Veja abaixo:

Top