X
publicidade:

Globoplay disponibiliza dois finais de A Próxima Vítima e adota nova estratégia no streaming

Novela A Próxima Vítima está disponível com dois finais no Globoplay (Reprodução/Globo)

O Globoplay estreou nesta segunda-feira (26) a novela A Próxima Vítima, sucesso de Silvio de Abreu exibido pela Globo em 1995. Aguardada pelos noveleiros assinantes do serviço de streaming, a trama das oito da Globo contou com grande elenco que inclui Tony Ramos, Susana Vieira, Claudia Ohana e Cecil Thiré.

Este último, aliás, ficou conhecido pelo seu papel de Adalberto, o assassino da trama. No entanto, a novela de Silvio de Abreu ganhou um final alternativo especialmente para os outros países que compraram a trama da Globo para exibição internacional.

Neste novo final, a motivação dos crimes que acontecem ao longo da novela foi modificada para se adequar ao novo assassino – Ulisses, personagem interpretado por Otávio Augusto.

Agora que chegou ao Globoplay, o grupo Globo decidiu disponibilizar os dois finais de A Próxima Vítima para os assinantes do serviço de streaming.

Leia também:

Final de Pantanal: Saiba tudo o que acontece no último capítulo

Saiba quais atores da novela A Próxima Vítima já morreram

Dois finais de A Próxima Vítima pode ser nova estratégia do Globoplay

A chegada de A Próxima Vítima no Globoplay com seu final original e outro, alternativo, pode significar que o serviço de streaming está adotando uma estratégia que veio para ficar no mundo digital.

Essa é a segunda vez que a plataforma disponibiliza dois finais para os seus produtos de teledramaturgia. A primeira foi com a novela original Verdades Secretas 2. Diante dos imbróglios causados pela demissão de Camila Queiroz da trama antes das gravações do desfecho, dois finais foram disponibilizados pelo público. A trama de Walcyr Carrasco foi disponibilizada em 2021 pelo serviço de streaming.

O Globoplay parece ter entendido que disponibilizar dois – ou até mais – finais de suas novelas e/ou séries pode abrir mundo de possibilidades para os telespectadores. Enquanto na TV só é possível levar um final ao ar em cada exibição, no streaming as possibilidades são infinitas.

Já se sabe que a Globo tem várias telenovelas que ganharam vários finais para evitar vazamentos antes do original ir ao ar. No entanto, essas gravações se mantém escondidas em seu arquivos. Assim sendo, espera-se que o sucesso dessa nova estratégia resulte em mais finais alternativos sendo revelados nos próximos lançamentos do catálogo do Globoplay.

publicidade:
Categorias: Televisão
Paulo Victor: Professor e entusiasta da sétima arte, atua na internet há mais de dez anos produzindo conteúdo sobre séries e cinema, aprecia a dramaturgia para as diferentes telas.
publicidade:
Notícias relacionadas
Leave a Comment

This website uses cookies.