Gugu Liberato está sendo ameaçado por quadrilha - Portal Overtube Gugu Liberato está sendo ameaçado por quadrilha - Portal Overtube

Gugu Liberato está sendo ameaçado por quadrilha

gugu liberato

O apresentador Gugu Liberato está sendo vítima de extorsão. Segundo a assessoria de imprensa de Gugu, uma quadrilha tem ameaçado divulgar informações falsas que podem prejudicar seriamente a reputação do profissional da Record.

O comunicado, divulgado na última quarta-feira (10), afirma também que Liberato já entrou com as medidas judiciais cabíveis contra os chantagistas. O caso está sob os cuidados do criminalista Miguel Reale Jr., que já encaminhou ao Ministério Público a abertura de inquérito para apurar o delito.

Casos de tentativa de extorsão contra celebridades tem se tornado comuns do último para cá. O mais famoso deles foi a da atriz Carolina Dieckmann, que teve imagens suas completamente nua roubada por hackers. Ela não cedeu à chantagem dos bandidos e as fotos acabaram indo parar na Internet, gerando repercussão nacional. O caso gerou a criação da Lei Carolina Dieckmann, que vale desde o último dia 2 (terça-feira) e criminaliza a invasão de computadores e celulares para o roubo de imagens e informações pessoais.

Leia na íntegra o comunicado divulgado pela Brickmann & Associados Comunicação, que presta assessoria a Gugu Liberato:

O apresentador Augusto Liberato está sendo vítima de extorsão por uma quadrilha, que ameaça divulgar falsas informações que prejudiquem sua reputação, seu trabalho e sua família, usando para isso os meios de comunicação.

Gugu Liberato já tomou todas as providências judiciais cabíveis para denunciar esse fato que ora expomos, e para alertar sobre um delito em execução. A quadrilha se dispõe a procurar jornalistas que, iludidos, poderão acabar contribuindo com a consecução de um crime. O escritório do Prof. Dr. Miguel Reale Jr., professor titular da Faculdade de Direito da USP, e um dos mais respeitados criminalistas do país, pediu ao Ministério Público a abertura de inquérito, e representou à OAB-SP contra dois advogados que fazem parte da quadrilha.

(Felipe Brandão)

Top