João Kléber anuncia a volta do Teste de Fidelidade - Portal Overtube João Kléber anuncia a volta do Teste de Fidelidade - Portal Overtube

João Kléber anuncia a volta do Teste de Fidelidade

João Kléber apresenta o Você na TV, na RedeTV! (Reprodução)

João Kléber apresenta o Você na TV, na RedeTV! (Reprodução)

Um dos maiores sucessos da história da RedeTV! esteve nas mãos do apresentador João Kléber no início dos anos 2000. Ele comandava o quadro Teste de Fidelidade em seus programas e atingia índices positivos em audiência.

Muita gente pode imaginar que o formato não daria certo para os tempos atuais, mas Kléber discorda. Em entrevista concedida nesta semana ao portal UOL, o famoso revelou que pretende trazer o quadro de volta e já chegou a gravar um piloto.

“Pretendo voltar com o ‘Teste de Fidelidade’ reformulado. Já gravei um piloto antes da pandemia. O que posso adiantar é que terá tecnologia envolvida, redes sociais. Deus queira que a tecnologia 5G chegue aqui logo. Dá para fazer uma matéria pelo celular”, disparou.

Veja também:

Biel, Jojo, Lipe ou Stéfani: quem vai ganhar A Fazenda 2020? Veja resultado da enquete UOL

Cátia Fonseca detona falta de plano de imunização no Brasil: “Palhaçada”

A volta do Teste de Fidelidade

O apresentador, entretanto, afirma que tem consciência de que as mulheres não toleram assédio e discursos machistas como antes. “Ele não pode ser feito como era, tem que ter uma mudança de perfil”, ponderou, evitando dar detalhes do que vem por aí.

Na sequência, João Kléber opina que a intenção do quadro nunca foi mostrar mulheres de pouca roupa. “O Teste de Fidelidade não tinha o objetivo de lançar a mulher de lingerie, lógico que isso tem apelo”, disse, se explicando na sequência.

“Mas o teste que mais bombava era quando a pessoa falava coisas absurdas a respeito do cônjuge. Todas as vezes que colocamos teste de pessoas fiéis, não dava tanta audiência”, relembrou ele, que já teve vários programas na RedeTV!.

Apesar do sucesso, muitas pessoas desconfiavam que os testes eram armados. O apresentador nega que isso seja verdade. “Se foi armado, foi pelas próprias pessoas; pela produção, não. As pessoas comentavam isso, mas nunca provaram”, concluiu.

Top