Jornal Nacional chega a 40 pontos de audiência ao exibir panelaços contra Bolsonaro - Portal Overtube Jornal Nacional chega a 40 pontos de audiência ao exibir panelaços contra Bolsonaro - Portal Overtube

Jornal Nacional chega a 40 pontos de audiência ao exibir panelaços contra Bolsonaro

William Bonner e Renata Vasconcellos no Jornal Nacional (Reprodução/GloboPlay)

William Bonner e Renata Vasconcellos no Jornal Nacional (Reprodução/GloboPlay)

Globo e o presidente Jair Bolsonaro voltaram a entrar em guerra, dessa vez por conta da pandemia do novo coronavírus. Enquanto a emissora vem fazendo uma cobertura completa a respeito do assunto, o político segue tentando diminuir a importância do Covid-19.

Na noite desta terça-feira, dia 24 de março, Bolsonaro fez um novo pronunciamento em rede nacional. As palavras, que foram ao ar às 20h30, antes da exibição do Jornal Nacional, trouxeram uma grande revolução nas redes sociais. Ele chegou a chamar o vírus de “gripezinha” e “resfriadinho”.

Exibido na sequência, o telejornal apresentado por William Bonner e Renata Vasconcellos, é claro, repercutiu as declarações feitas pelo presidente da República, reiterando a importância do cuidado com a saúde nesse momento e pedindo que as pessoas que puderem devem ficar em casa.

JN ultrapassa barreira dos 40 pontos

O Jornal Nacional da noite de ontem acabou sendo mais longo que o normal e foi esticado em mais de meia hora, chegando ao fim quase 22h. E a audiência correspondeu à mudança: segundo os dados prévios, a atração chegou aos 40 pontos no ibope – e justamente em um momento conta Bolsonaro.

Trechos do discurso do presidente foram exibidos e, na sequência, declarações de outras autoridades em repúdio foram lidas pelos âncoras. Por fim, panelaços contra o político feitos ao redor do Brasil também ganharam espaço.

De acordo com informações do site O Antagonista, o JN pode ultrapassar a barreira dos 40 pontos no consolidado em São Paulo e no Rio de Janeiro. Esses dados devem ser divulgados ainda nesta quarta-feira (25). Cabe lembrar que os números divulgados até aqui são prévios e podem ser alterados.

A polêmica a respeito do pronunciamento foi tão grande que o perfil oficial da TV do governo, que havia publicado um vídeo com as declarações na íntegra, decidiu apagar o post.

Top