Jornalista da GloboNews, Eliane Cantanhêde critica Bolsonaro e é detonada na web - Portal Overtube Jornalista da GloboNews, Eliane Cantanhêde critica Bolsonaro e é detonada na web - Portal Overtube

Jornalista da GloboNews, Eliane Cantanhêde critica Bolsonaro e é detonada na web

Eliane Cantanhêde criticou postura de Jair Bolsonaro na GloboNews (Reprodução/GloboNews)

Eliane Cantanhêde criticou postura de Jair Bolsonaro na GloboNews (Reprodução/GloboNews)

A jornalista Eliane Cantanhêde voltou a criar polêmica por conta de uma participação na TV. Profissional da GloboNews, ela costuma trazer notícias em primeira mão e faz comentários a respeito de política no canal da TV paga.

Assim como aconteceu há algum tempo, Eliane voltou a causar a ira de apoiadores de Jair Bolsonaro. Isso porque ela deu algumas declarações no ar em que critica alguns posicionamentos e decisões tomadas pelo governo.

Diferente do que pensa a maioria dos eleitores do presidente, a jornalista acredita que ele financia investimentos apenas em áreas de pesquisa que são de seu interesse. Isso, claro, prejudicaria outros setores que não são privilegiados por ele.

Não é surpresa pra ninguém que os apoiadores do governo usam as redes sociais para manifestar todo o seu descontentamento com qualquer um que critique o governo. No caso de Eliane Cantanhêde, mais uma vez, não foi diferente.

“Essa Eliane Cantanhêde beira o ridículo. Se entendesse tudo que arvora para si, estava no lugar de Deus”, afirmou um. “Gosto muito da jornalista Eliane Cantanhede. Mas ultimamente está carregando na tinta com seus comentários tendenciosos, com viés ideológico (melhor que seja assim), que induzem os incautos a pensarem como ela comenta determinados assuntos”, diz outro.

Eliane Cantanhêde já se envolveu em outra polêmica

Eliane Catanhêde foi acusada por Bolsonaro por espalhar fake news na Globo (Reprodução)
Eliane Cantanhêde foi acusada por Bolsonaro por espalhar fake news na Globo (Reprodução)

No fim de março, Eliane Cantanhêde se envolveu em uma outra polêmica com o presidente. Naquela ocasião, ela afirmou que Ricardo Vélez, então ministro da Educação, seria demitido. Jair Bolsonaro negou veementemente a informação e acusou a GloboNews de disseminar fake news.

Chamou a atenção, no entanto, que informação acabou se confirmando. A diferença é que Bolsonaro optou por aguardar e anunciou a demissão de Vélez apenas alguns dias depois, mais precisamente no dia 8 de abril.

Top