Manifestante briga ao vivo com repórter do SBT e agride câmera do canal - Portal Overtube Manifestante briga ao vivo com repórter do SBT e agride câmera do canal - Portal Overtube

Manifestante briga ao vivo com repórter do SBT e agride câmera do canal

Logomarca do SBT (Reprodução/SBT)

Logomarca do SBT (Reprodução/SBT)

Uma equipe do SBT passou por uma situação complicada nesta segunda-feira, dia 15 de março. Tudo aconteceu com a TV Serra Dourada, afiliada da emissora de Silvio Santos em Goiás, que foi agredida por um manifestante.

O repórter Maycon Leão estava com um operador de câmera fazendo uma reportagem ao vivo pera o Jornal do Meio-Dia. A atração repercutia uma manifestação pedindo a liberação do comércio em Goiânia.

Foi aí que um homem decidiu abordar a equipe e, aparentemente sem saber que estava ao vivo, tentou evitar a câmera, fez ameaças e pediu que os dois profissionais de imprensa deixassem o local. Impedido de continuar seu trabalho, Maycon tentou conversar com o homem.

“Eu entendo a situação do senhor, mas não justifica o senhor vir me agredir. O senhor sai de lá de onde o senhor estava para vir me bater”, disse o jornalista, tentando conversar de forma civilizada com o manifestante, que vestia uma camisa do Brasil.

Veja também:

Equipe do Encontro foge de tiroteio e Fátima Bernardes se assusta

Homem invade link ao vivo para gritar “Globo lixo” e leva bronca de repórter

Câmera agredido

“Não justifica isso que o senhor está fazendo. O senhor agrediu o meu câmera. O senhor arrumou a mão na minha câmera, no meu celular. Eu estava na frente da minha câmera quando o senhor arrumou a mão no meu celular. A gente tá levando informação para a população, o nosso serviço é essencial”.

Na sequência, Maycon Leão citou que a rodovia estava fechada e afirmou que o jornalismo é um serviço essencial. “Por que o senhor está indo pra cima dele? Não justifica. Eu peço ao senhor, dá licença do meu câmera, por favor. Por que o senhor tá vindo pra cima da gente?”, questionou.

“O senhor tá vindo exaltado pra cima de mim, eu não quero conversar com o senhor. Eu não quero ficar perto do senhor. Por que eu vou sair da rodovia? A gente não vai sair da rodovia. A gente não vai sair daqui”, disse o jornalista.

Luciana Finholdt, âncora do Jornal do Meio-Dia, informou ao repórter que a emissora acionou a Polícia Militar para ir até o local. As manifestações eram contra um decreto municipal que impede o funcionamento de atividades não essenciais por duas semanas para tentar frear o avanço da Covid-19.

Top