OVERTROFÉU 2014 - Conheça os vencedores - Portal Overtube OVERTROFÉU 2014 - Conheça os vencedores - Portal Overtube

OVERTROFÉU 2014 – Conheça os vencedores

OverTroféu

Você votou, você escolheu! Mais de 20 mil pessoas (em votos únicos) participaram da seleção dos melhores do ano no OVERTROFÉU 2014, fazendo da premiação do Portal Overtube um indiscutível sucesso. O portal agradece a todos aqueles que se dispuseram a votar nas mais de 30 categorias da premiação, que englobaram produções nacionais, americanas e até latinas exibidas no Brasil ao longo do ano passado. Agora chegou o momento de conhecer os vencedores! Confira abaixo a lista completa:

boogie oogie logo

MELHOR NOVELA NACIONAL

1) Boogie Oogie (Rede Globo) – 44,23%
2) Meu Pedacinho de Chão (Rede Globo) – 23,21%
3) O Rebu (Rede Globo) – 19,86%
4) Pecado Mortal (Rede Record) – 6,89%
5) Vitória (Rede Record) – 5,8%

O resultado não chega a surpreender – afinal, é escancarada a preferência do público e da crítica pela novela Boogie Oogie. O trabalho de estreia na TV brasileira de Rui Vilhena vem se sobressaindo pelos excelentes ganchos, a narrativa agílima e ótimas atuações, do elenco principal ao secundário. Tais qualidades lhe valeram inclusive uma façanha inédita: Boogie Oogie foi a única novela da Globo a ver sua audiência aumentar durante o período eleitoral, momento em que o espectador costuma perder o interesse nas telenovelas.

dupla-identidade

MELHOR SÉRIE/MINISSÉRIE NACIONAL – TV ABERTA

1) Dupla Identidade (Rede Globo) – 39,12%
2) Tapas e Beijos (Rede Globo) – 38,22%
3) Amores Roubados (Rede Globo) – 11,79%
4) Milagres de Jesus (Rede Record) – 8,91%
5) Plano Alto (Rede Record) – 1,96%

2014 foi um excelente ano para as séries na TV aberta, de modo que a disputa foi acirrada nesta categoria. Nada disso, porém, diminui o mérito de Dupla Identidade. A série policial de Glória Perez trouxe os seriados nacionais a um novo patamar de qualidade, equiparado ao da dramaturgia americana. Quem não vibrou no sofá acompanhando a saga implacável de Vera (Luana Piovani) e Dias (Marcello Novaes) para desmascarar o assassino em série Edu (Bruno Gagliasso)? Sem sombra de dúvida, um dos marcos da televisão no ano passado.

Vai que Cola

MELHOR SÉRIE NACIONAL – TV PAGA

1) Vai Que Cola (Multishow) – 54,83%
2) As Canalhas (GNT) – 28,51%
3) Lili, a Ex (GNT) – 6,58%
4) Sessão de Terapia (GNT) – 6,01%
5) Animal (GNT) – 4,07%

O humor esteve em alta no circuito fechado de TV com Vai Que Cola, série de comédia que já é uma tradição no Multishow e em 2015 emplacará sua terceira temporada. Repetindo a mesma fórmula que foi sucesso na Globo com Sai de Baixo – humor ao mesmo tempo sagaz e escrachado, gravado em um teatro com plateia que vez ou outra interage com os atores –, a série protagonizada por Catarina Abdala e Paulo Gustavo é recordista de popularidade entre os programas do Multishow. Tamanho êxito inclusive animou o canal a reaproveitar o formato em outros programas, a exemplo de Trair e Coçar É Só Começar.

Violetta-Wallpaper-violetta-32130068-1600-1000

MELHOR NOVELA ESTRANGEIRA

1) Violetta (Band / Disney Channel) – 50,9%
2) Sortilégio (SBT) – 18,14%
3) Meu Pecado (SBT) – 17,63%
4) Por Ela Sou Eva (SBT) – 13,33%

Sucesso em todo o mundo, a novela infantil argentina há tempos vem conquistando seu espaço por aqui. Violetta encanta crianças e adultos na tela do Disney Channel, que a exibe desde 2012, e transformou a atriz e cantora Martina Stoessel em ídolo da garotada. Atualmente, a Disney exibe a terceira e última temporada da novelinha, que este ano foi ao ar também na Band, onde infelizmente não obteve bons índices de audiência.

alexandre nero josé alfredo

MELHOR ATOR PROTAGONISTA – NOVELA NACIONAL

1) Alexandre Nero (Império) – 70,6%
2) Gabriel Braga Nunes (Laerte – Em Família) – 11,15%
3) Irandhir Santos (Zelão – Meu Pedacinho de Chão) – 9,49%
4) Bruno Ferrari (Arthur – Vitória) – 4,99%
5) Humberto Martins (Virgílio – Em Família) – 3,76%

Desde sua estreia em A Favorita (2008), Alexandre Nero vem crescendo a olhos vistos diante do público da Globo. E esse sucesso veio a encontrar sua consolidação definitiva no rol de José Alfredo, o Comendador. Muito elogiado, Nero vem se destacando em especial no jogo de gato e rato do Comendador com a ex-esposa Maria Marta (Lília Cabral) e a pretendente frustrada Cora (Drica Moraes / Marjorie Estiano), além do romance ao mesmo tempo terno e sensual com a ninfeta Ísis (Marina Ruy Barbosa).

sandra boogie oogie

MELHOR ATRIZ PROTAGONISTA – NOVELA NACIONAL

1) Ísis Valverde (Sandra – Boogie Oogie) – 43,04%
2) Taís Araújo (Verônica – Geração Brasil)  24,75%
3) Júlia Lemmertz (Helena – Em Família) – 13,02%
4) Patrícia Pillar (Ângela – O Rebu) – 12,07%
5) Simone Spoladore (Patrícia – Pecado Mortal) 6,49%

Beleza e talento andam juntos quando o assunto é Ísis Valverde. Ela se sobressai em Boogie Oogie a cada cena da sofrida, porém determinada Sandra, com direito a uma química marcante com o ator Marco Pigossi, seu par romântico na história. Uma atriz que já tem seu merecido espaço na nova geração de artistas brasileiros.

caio-blat império

MELHOR VILÃO – NOVELA NACIONAL

1) Caio Blat (José Pedro – Império) – 38,39%
2) Antônio Calloni (LC – Além do Horizonte)  27,56%
3) Tony Ramos (Carlos – O Rebu)  18,27%
4) Vitor Hugo (Picasso – Pecado Mortal) – 9,98%
5) Gabriel Gracindo (Iago – Vitória)  5,8%

Consagrado na TV, teatro e cinema, Caio Blat é sempre sinônimo de boa interpretação qualquer que seja a mídia em que apareça. Na pele do ambicioso José Pedro, o ator torce o nariz do espectador cada vez que este o vê aprontando maldades com a mãe, Maria Marta (Lília Cabral), para tomar o poder da empresa familiar de seu pai José Alfredo (Alexandre Nero). Um excelente ator, que defende bem esse complexo personagem.

Drica Moraes

MELHOR VILÃ – NOVELA NACIONAL

1) Drica Moraes (Cora – Império) – 63,12%
2) Giulia Gam (Carlota – Boogie Oogie)  17,03%
3) Bianca Bin (Vitória – Boogie Oogie)  11,09%
4) Juliana Silveira (Priscila – Vitória) – 4,47%
5) Paloma Duarte (Dorotéia – Pecado Mortal)  3%

A versatilidade de Drica Moraes não é segredo para ninguém. Mesmo em um papel marcado por algumas controvérsias – como o fato de ter sido bem menos “vilã” que o encomendado, enveredando mais pela comédia que pela maldade –, a veterana mostrou a que veio e garantiu a preferência do público na pele da recalcada Cora. Nem mesmo a saída do elenco por motivos de saúde – ela acabou substituída por Marjorie Estiano, que vivera Cora quando jovem – abalou a popularidade de Drica, que deve em breve voltar à trama de Império.

marcello melo jr jairo

MELHOR ATOR COADJUVANTE – NOVELA NACIONAL

1) Marcello Melo Jr (Jairo – Em Família) – 45,33%
2) Reynaldo Gianecchini (Cadu – Em Família)  28,58%
3) Johnny Massaro (Ferdinando – Meu Pedacinho de Chão)  18,27%
4) José de Abreu (Bernardo – O Rebu) – 4,99%
5) Júlio Andrade (Oswaldo – O Rebu)  2,83%

Se já é difícil se destacar em uma novela de sucesso, que dirá numa novela com baixa repercussão – mas Marcello Melo Jr. conseguiu. Apesar do fracasso de Em Família, o jovem ator cresceu aos olhos do público com seu Jairo, um tipo bronco, grosseiro, sem papas na língua – mas apesar (ou por causa) de tudo isso muito carismático. Isso sem falar em seu insaciável apetite sexual, que deu o que falar em cenas com a atriz Vanessa Gerbelli.

Déborah Secco - Portal Overtube

MELHOR ATRIZ COADJUVANTE – NOVELA NACIONAL

1) Déborah Secco (Inês – Boogie Oogie) – 33,56%
2) Juliana Paes (Catarina – Meu Pedacinho de Chão)  25,09%
3) Vanessa Gerbelli (Juliana – Em Família)  22,68%
4) Heloísa Périssé (Beatriz – Boogie Oogie) – 15,28%
5) Vera Holtz (Vic – O Rebu)  3%

Longe das novelas desde Insensato Coração (2011), a musa fez uma “aterrissagem” e tanto – com o perdão do trocadilho – na pele da aeromoça Inês em  Boogie Oogie. O papel secundário foi crescendo na história graças ao carisma de Deborah, que deixará as gravações da novela nas próximas semanas para se dedicar a Verdades Secretas, trama de Walcyr Carrasco em que viverá a protagonista.

leandro hassum

MELHOR ATOR CÔMICO – NOVELA NACIONAL

1) Leandro Hassum (Barata – Geração Brasil) – 35,01%
2) Aílton Graça (Xana – Império)  25,24%
3) Paulo Betti (Téo – Império)  22,99%
4) Luís Miranda (Dorothy – Geração Brasil) – 9,9%
5) Rodrigo Lombardi (Pedro – Meu Pedacinho de Chão)  7%

Falou em humor, falou em Leandro Hassum. Depois de arrancar gargalhadas no cinema e em humorísticos como Zorra Total e Divertics, o comediante “causou” em sua estreia nas novelas, como o Barata de Geração Brasil. O eterno apaixonado por Verônica (Taís Araújo) roubou a cena na trama das 7 e posicionou-se como o grande nome da comédia na TV brasileira em 2014.

samantha alto astral claudia raia

MELHOR ATRIZ CÔMICA – NOVELA NACIONAL

1) Cláudia Raia (Samantha – Alto Astral) – 43,61%
2) Dani Barros (Lorraine – Império)  24,24%
3) Carla Fioroni (Ernestina – Chiquititas)  15,53%
4) Maria Luísa Mendonça (Inês – Além do Horizonte) – 10,34%
5) Inês Peixoto (Té – Meu Pedacinho de Chão)  6,27%

A química de Cláudia Raia com o tom leve e divertido das novelas das 7 costuma funcionar às mil maravilhas – haja vista a performance dela em Sete Pecados (2007) e Ti Ti Ti (2010). Em Alto Astral não é diferente: como Samantha, a atriz se divide entre maldades e trapalhadas que só reforçam seu apelo junto à audiência. A continuar assim, não será espanto se ela superar a mocinha Laura (Nathália Dill) e ganhar a preferência de parte do público na disputa pelo amor de Caíque (Sérgio Guizé).

Arthur Aguiar - Portal Overtube

MELHOR ATOR JOVEM – NOVELA NACIONAL

1) Arthur Aguiar (Duca – Malhação) – 53,43%
2) Daniel Rocha (Lucas – Império)  22,73%
3) Rodrigo Simas (Marlon – Além do Horizonte/Beto – Boogie Oogie)  10,57%
4) Humberto Carrão (Davi – Geração Brasil) – 7,71%
5) Guilherme Leicam (Laerte – Em Família/Gustavo – Alto Astral)  5,56%

Arthur Aguiar já é todo um veterano, mas o seu primeiro protagonista na Globo em Malhação está dando o que falar. O rapaz de 25 anos é um dos favoritos dos seguidores do folheteen, onde ele interpreta o lutador Duca. O talento e a popularidade desse jovem carioca – que também é cantor e estreou na TV em Malhação ID (2009), embora tenha ganhado notoriedade na novela Rebelde (2011), da Record – vem chamando a atenção dos diretores da Globo, que não devem demorar em escalá-lo para novos trabalhos.

Josie Pessoa

MELHOR ATRIZ JOVEM – NOVELA NACIONAL

1) Josie Pessoa (Eduarda – Império) – 28,27%
2) Isabelle Drummond (Megan – Geração Brasil)  20,81%
3) Juliana Paiva (Lili – Além do Horizonte)  17,3%
4) Alice Wegmann (Shirley – Em Família/Daniele – Boogie Oogie) – 17,23%
5) Marina Ruy Barbosa (Ísis – Império)  16,38%

Papéis pequenos podem se tornar grandes nas mãos de bons intérpretes. Foi exatamente o caso de Josie Pessoa, que vive a espevitada Du na novela Império. Ela começou quase imperceptível na pele da melhor amiga de João Lucas (Daniel Rocha), mas sua cumplicidade com o filho de José Alfredo (Alexandre Nero) começou a chamar a atenção do público, que passou a torcer para vê-los como um casal – desejo que Aguinaldo Silva, é claro, prontamente atendeu. O romance de Du e Lucas vem agradando e promete dar ainda o que falar nos próximos capítulos da trama.

hugo-bonemer

ATOR REVELAÇÃO – NOVELA NACIONAL

1) Hugo Bonemer (Martin – Malhação) – 62,84%
2) Rafael Vitti (Pedro – Malhação) – 30,45%
3) Felipe Simas (Cobra – Malhação) – 4,33%
4) Nando Rodrigues (Virgílio – Em Família/Ricardo – Alto Astral) 1,45%
5) Igor Angelkorte (Marcelo – Além do Horizonte)  1%

Malhação costuma ser um celeiro de jovens e promissores talentos para a Globo – e em 2014 não ficou atrás. Hugo Bonemer foi uma das boas surpresas da temporada anterior da novelinha, conhecida como Malhação – Casa Cheia. Seu personagem Martin começou com ares de vilão, vaidoso e prepotente, mas o carisma do ator acabou virando o jogo e transformando-o no favorito da audiência jovem. Não havia quem não torcesse pela felicidade do antagonista redimido com a desengonçada Micaela (Laís Pinho), num romance que adquiriu contornos bem dramáticos, para deleite do espectador.

Isabella Santoni - Portal Overtube

ATRIZ REVELAÇÃO – NOVELA NACIONAL

1) Isabella Santoni (Karina – Malhação) – 69,57%
2) Laís Pinho (Micaela – Malhação) – 14,3%
3) Ana Júlia Dorigon (Jade – Malhação)  6,64%
4) Viviane Araújo (Naná – Império) 5,23%
5) Paula Barbosa (Gina – Meu Pedacinho de Chão)  4,26%

Todo noveleiro adora uma boa relação de amor e ódio. Isabella Santoni conseguiu conferir a dose exata desses dois antagônicos (porém nem tanto) ingredientes em seu par com Rafael Vitti, como Pedro e Karina – ou simplesmente PerIna – em Malhação – Sonhos. A jovem atriz, cuja semelhança com Carolina Dieckmann já foi muitas vezes apontada, vem chamando a atenção com o jeito despojado e franco de Karina, que causa admiração nas meninas e deixa de queixo caído os garotos de plantão.

jp rufino

MELHOR ATOR INFANTIL – NOVELA NACIONAL

1) JP Rufino (Nilson – Além do Horizonte/Azeitona – Alto Astral) – 32,17%
2) Tomás Sampaio (Serelepe – Meu Pedacinho de Chão) – 22,34%
3) Gui Vieira (Binho – Chiquititas)  21,28%
4) Adriano Alves (Victor – Império) – 14,95%
5) Gabriel Palhares (Tomás – Geração Brasil)  9%

É de pequenino que se torce o pepino – e JP Rufino está aí para comprovar. Com apenas 13 anos, o garoto encantou a audiência como o doce Nilson na novela Além do Horizonte. O trabalho lhe valeu vários prêmios e convites – como para o longa metragem alemão Retorno e a peça de teatro Simbora, O Musical, ambas com estreia neste ano – e ainda um retorno quase imediato à telinha, como o Azeitona de Alto Astral.

giovannarispoli

MELHOR ATRIZ INFANTIL – NOVELA NACIONAL

1) Giovanna Rispoli (Cláudia – Boogie Oogie/Shirley – Em Família) – 49,17%
2) Geytsa Garcia (Pituca – Meu Pedacinho de Chão)  19,12%
3) Gabriella Saraivah (Tatiana – Chiquititas)  15,75%
4) Júlia Gomes (Marian – Chiquititas) – 11,85%
5) Cinthia Cruz (Cristina – Chiquititas)  4,11%

Ela roubou a cena no início de Em Família, mas foi em Boogie Oogie que mostrou mesmo a que veio. Giovanna Rispoli vem surpreendendo com a interpretação afinada e madura da “insuportável” Cláudia no folhetim das 6 da tarde. A malícia e inteligência precoces da irmã mais nova de Sandra (Ísis Valverde) fazem dela uma das personagens mais interessantes da história, sobressaindo-se a muitos do elenco adulto. Essa pequena notável vai longe.

Rui Vilhena - Portal Overtube

MELHOR AUTOR DE NOVELA NACIONAL

1) Rui Vilhena (Boogie Oogie) – 46,33%
2) Daniel Ortiz (Alto Astral)  27,8%
3) George Moura e Sérgio Goldenberg (O Rebu)  13,18%
4) Carlos Lombardi (Pecado Mortal) – 7,65%
5) Cristianne Fridman (Vitória)  5%

A Globo acertou em cheio ao “importar” esse autor da “terrinha”. Considerado o melhor escritor de novelas de Portugual, Rui Vilhena desembarcou com tudo no Brasil e fez sua estreia por aqui com Boogie Oogie. A trama movimentada e repleta de reviravoltas vem empolgando o público desde sua estreia, valendo a Rui nos bastidores da Globo o apelido de “Capitão Gancho” – em alusão ao ritmo frenético da trama. Com todo esse sucesso, a Globo não deve dispensar Vilhena tão cedo de sua galeria de autores.

Império logo

MELHOR DIRETOR – NOVELA NACIONAL

1) Rogério Gomes (Império) – 58,59%
2) Luiz Fernando Carvalho (Meu Pedacinho de Chão)  16,16%
3) Jorge Fernando (Alto Astral)  14,58%
4) José Luiz Villamarim (O Rebu) – 5,49%
5) Alexandre Avancini (Pecado Mortal)  5,18%

Talvez mais do que ao autor, cabe ao diretor dar o tom de toda a obra de uma novela. Rogério Gomes vem demonstrando uma competência peculiar à frente dessa função em Império. As habilidades de “Papinha” ao dirigir novelas de outras, como Morde e Assopra (2011) e Amor, Eterno Amor (2012), valeram sua promoção ao horário nobre, onde ele definitivamente se consagrou. Um nome que veio para ficar nos créditos das novelas da Globo.

Império logo

MELHOR CENOGRAFIA

1) Império (Rede Globo) – 41,8%
2) Meu Pedacinho de Chão (Rede Globo)  30,94%
3) Geração Brasil (Rede Globo)  18,51%
4) O Rebu (Rede Globo) – 4,39%
5) Pecado Mortal (Rede Record)  4,36%

Os cenários são parte fundamental do aspecto visual de um folhetim. Na novela Império, o trabalho meticuloso da equipe de cenógrafos comandada por Anne Bourgeois, Kaká Monteiro e Márcia Inoue se destaca pelo naturalismo com que reproduz os ambientes da trama, como a empresa da família Medeiros, o restaurante de Vicente (Rafael Cardoso) e a casa de Cristina (Leandra Leal) no bairro de Santa Tereza. Tais qualidades a fizeram merecedora do prêmio de melhor cenografia de 2014.

Meu_Pedacinho_de_Chão_(2014)

MELHOR FIGURINO E CARACTERIZAÇÃO

1) Meu Pedacinho de Chão (Rede Globo) – 45,25%
2) Império (Rede Globo)  35,51%
3) Geração Brasil (Rede Globo)  10,19%
4) Em Família (Rede Globo) – 5,43%
5) Pecado Mortal (Rede Record)  3,61%

O tom fantástico e lúdico de Meu Pedacinho de Chão foi um dos pontos altos da televisão brasileira no ano que recém terminou. Mérito também da figurinista Thanara Schönardie, que construiu a aparência extravagante e criativa de personagens inesquecíveis como Zelão (Irandhir Santos), Juliana (Bruna Linzmeyer) e Coronel Epa (Osmar Prado). Para isso, ela e sua equipe não tiveram medo de ousar e utilizar materiais inovadores na confecção dos figurinos, que vão desde canudinhos e bijuterias a pedaços de brinquedos e de vinil.

Império logo

MELHOR FOTOGRAFIA

1) Império (Rede Globo) – 46,62%
2) Meu Pedacinho de Chão (Rede Globo)  23,52%
3) Em Família (Rede Globo)  14,11%
4) O Rebu (Rede Globo) – 11,08%
5) Pecado Mortal (Rede Record)  4,67%

Uma imagem vale mais que mil palavras – e, no mundo das telenovelas, não é exceção. Sabendo disso, os diretores de fotografia Sérgio Tortori e Fernando da Silva Santos construíram uma atmosfera visual intensa que marcou Império, ressaltando a ideia de modernidade e densidade dramática que a narrativa de Aguinaldo Silva exige.

maite perroni meu pecado

MELHOR HEROÍNA DE NOVELA ESTRANGEIRA

1) Maite Perroni (Lucrécia – Meu Pecado) – 37,6%
2) Martina Stoessel (Violetta – Violetta)  36,44%
3) Jacqueline Bracamontes (Maria José/Sandra – Sortilégio)  13,98%
4) Lucero (Helena – Por Ela Sou Eva) – 6,79%
5) Clara Alonso (Ângela – Violetta)  5,19%

A ex-RBD continua cativando uma legião de fãs no Brasil. Após o sucesso da adolescente Rebelde e da adocicada Cuidado com o Anjo, Maite Perroni novamente fez sorrir e chorar o público do SBT como protagonista de Meu Pecado. Na novela de Juan Osorio, ela entregou uma de suas interpretações mais maduras como a jovem Lucrécia, que enfrentava velhos preconceitos e rivalidades familiares para assumir seu amor por Juliano (Eugenio Siller), acusado de causar a morte do irmão dela ainda na infância.

william levy alessandro sortilegio

MELHOR GALÃ DE NOVELA ESTRANGEIRA

1) William Levy (Alessandro – Sortilégio) – 36,9%
2) Pablo Espinosa (Tomás – Violetta)  30,16%
3) Jaime Camil (João – Por Ela Sou Eva)  13,21%
4) Diego Ramos (German – Violetta) – 10,29%
5) Eugenio Siller (Juliano – Meu Pecado) – 9,44%

O SBT acertou em cheio ao trazer Sortilégio para o Brasil. Não só pela trama em si, mas também pela presença do cubano William Levy no elenco central. Depois de conquistar o coração da plateia feminina como o compreensivo psiquiatra João Miguel em Cuidado com o Anjo, ele agora demonstra maturidade artística na pele de um personagem bem diferente. O empresário Alessandro Lombardo é vítima de uma tramoia do meio-irmão, Bruno (David Zepeda), para fazê-lo acreditar ter se casado com Maria José (Jacqueline Bracamontes) – mas acaba perdidamente apaixonado pela “impostora”, tão vítima como ele dessa inusitada situação.

Pitty - Portal Overtube

MELHOR TEMA DE ABERTURA – NOVELA NACIONAL

1) Agora Só Falta Você – Pitty (Malhação) – 73,46%
2) País do Futebol – MC Guimê & Emicida (Geração Brasil) – 9,5%
3) That’s The Way – KC and the Sunshine Band (Boogie Oogie)  8,68%
4) Eu Sei Que Vou Te Amar – Ana Carolina (Em Família)  5,15%
5) Tente Outra Vez – Raul Seixas (Vitória)  3,21%

Não deu outra: a releitura de Pitty para a canção de Rita Lee cativou em cheio o público jovem, que vibra diariamente com ela na abertura de Malhação. As guitarras e os acordes pra lá de modernos dão a tom da saga dos jovens artistas e esportistas que lutam para realizar seus sonhos na história dos fins de tarde da Globo.

Geração_Brasil

MELHOR ABERTURA

1) Geração Brasil (Rede Globo) – 32,46%
2) Boogie Oogie (Rede Globo) – 30,98%
3) Chiquititas (SBT)  16,97%
4) Meu Pedacinho de Chão (Rede Globo)  14,64%
5) Pecado Mortal (Rede Record)  4,95%

Geração Brasil marcou ao usar e abusar em sua abertura dos efeitos de computação gráfica, que tinham total relação com a saga nerd de Jonas Marra (Murilo Benício) e Herval/LED (Ricardo Tozzi). Destaque ainda para a canção-tema País do Futebol, funk de MC Guimê que encontra grande apelo entre o público-alvo da novela.

fernanda lima amor e sexo

MELHOR PROGRAMA DE AUDITÓRIO

1) Amor & Sexo (Rede Globo) – 41,69%
2) Programa Sílvio Santos (SBT) – 19,33%
3) Caldeirão do Huck (Rede Globo)  15,43%
4) Eliana (SBT)  12,99%
5) Hora do Faro (Rede Record)  11%

A atração “apimentada” já é tradição no final de noite da Globo, sob o comando de Fernanda Lima. A abordagem direta e bem-humorada do universo do amor e do sexo, na presença de celebridades de renome, confirma-se como uma acertada alternativa aos repetitivos dominicais de auditório.

Pânico-na-Band(1)

MELHOR HUMORÍSTICO

1) Pânico na Band (Band) – 40,94%
2) Tá no Ar: A TV na TV (Rede Globo) – 17,17%
3) CQC (Band)  14,61%
4) Zorra Total (Rede Globo)  14,37%
5) A Praça É Nossa (SBT)  12,9%

Com mais de dez anos no ar – que contemplam algumas mudanças no elenco e até uma troca de emissora –, a irreverência do Pânico segue invicta na preferência dos telespectadores que curtem dar boas risadas na frente da TV. Sem medo de escrachar – coisa que aliás nunca tiveram –, Emílio Surita, Rodrigo Scarpa se reafirmam a cada ano entre os “tops” da comédia nacional.

thevoice

MELHOR REALITY-SHOW

1) The Voice Brasil (Rede Globo) – 51,4%
2) Big Brother Brasil (Rede Globo) – 21,73%
3) MasterChef (Band)  14,39%
4) A Fazenda (Rede Record)  6,28%
5) Esse Artista Sou Eu (SBT)  6,2%

A música tem um lugar todo especial na cultura brasileira. Baseando-se nessa premissa irrefutável, o The Voice vem emocionando o país a cada ano ao revelar novos e grandes talentos musicais, na disputa por um prêmio final de reconhecimento artístico e carreira sólida. Destaque ainda para os jurados Lulu Santos, Carlinhos Brown, Cláudia Leitte e Daniel, que também têm parte em manter o programa em alta.

MADELEINE STOWE, EMILY VANCAMP, GABRIEL MANN, JOSH BOWMAN, ASHLEY MADEKWE, NICK WECHSLER, HENRY CZERNY, CHRISTA B. ALLEN, CONNOR PAOLO

MELHOR SÉRIE ESTRANGEIRA (DRAMA)

1) Revenge (Sony/Rede Globo) – 42,19%
2) The Walking Dead (Fox/Band) – 39,24%
3) Game of Thrones (HBO)  10,44%
4) Homeland (FX/Rede Globo)  4,57%
5) Gotham (Warner Channel)  3,56%

São quatro temporadas de sucesso extremo, nos Estados Unidos, no Brasil e no mundo. Os produtores de Revenge acertaram a mão ao investir num enredo que foge aos padrões da TV americana e aproxima-se mais dos melodramas latinos, provando que os estadunidenses também apreciam um novelão – e o brasileiro… bom, nem precisa dizer, né?

glee

MELHOR SÉRIE ESTRANGEIRA (COMÉDIA)

1) Glee (Fox/Rede Globo) – 40,5%
2) The Big Bang Theory (Warner Channel/SBT) – 34,9%
3) Two and a Half Men (Warner Channel/SBT)  13,3%
4) Modern Family (Fox/Band)  5,95%
5) How I Met Your Mother (Fox/Band)  5,35%

Prestes a chegar à sua última temporada, Glee continua invicta na escolha do público afeito às comédias. Mas a série vai além de fazer rir: ao mesmo tempo que diverte, propõe uma pertinente mensagem de auto estima e superação à audiência, jovem e também madura. Os fãs que se preparem: o produtor Ryan Murphy promete uma despedida à altura do prestígio que a série adquiriu ao longo de seis anos.

Dupla Identidade

MELHOR ATOR DE SÉRIE/MINISSÉRIE NACIONAL (DRAMA)

1) Bruno Gagliasso (Eduardo – Dupla Identidade) – 87,94%
2) Roberto Bomtempo (Sereno – Conselho Tutelar)  4,28%
3) João Miguel (Jorge – A Teia)  4,22%
4) Gracindo Jr (Guido – Plano Alto)  2,24%
5) Zé Carlos Machado (Théo – Sessão de Terapia)  1,32%

A votação expressiva não deixa dúvidas: é de Bruno Gagliasso a melhor interpretação em séries nacionais da TV aberta ou fechada no ano de 2014. O já consagrado ator impressionou com as “duas caras” do assassino Edu, que usava a máscara social de cidadão de bem para esconder a obsessão em matar e torturar mulheres inocentes.

Débora Falabella
Débora Falabella

MELHOR ATRIZ DE SÉRIE/MINISSÉRIE NACIONAL (DRAMA)

1) Débora Falabella (Rayane – Dupla Identidade) – 53,84%
2) Ísis Valverde (Antônia – Amores Roubados)  31,33%
3) Patrícia Pillar (Isabel – Amores Roubados)  6,74%
4) Andreia Horta (Celeste – A Teia)  5,68%
5) Letícia Sabatella (Bianca – Sessão de Terapia)  2%

Tão ou mais impressionante do que Gagliasso foi sua parceira de cena Débora Falabella. Com que extrema sensibilidade ela construiu a verdade de Ray, uma jovem emocionalmente debilitada pela síndrome de borderline – e presa fácil do sadismo do protagonista de Dupla Identidade. O que dizer das cenas em que Ray se mutilava com as próprias unhas após decepções com o namorado? Entrega total à personagem.

armane vladimir brichta

MELHOR ATOR DE SÉRIE NACIONAL (COMÉDIA)

1) Vladimir Brichta (Armane – Tapas e Beijos) – 37,23%
2) Paulo Gustavo (Valdo – Vai Que Cola)  29,11%
3) Marco Nanini (Lineu – A Grande Família)  18,03%
4) Fábio Assunção (Jorge – Tapas e Beijos) – 12,05%
5) Cássio Scapin (Eduardo – Tapas e Beijos)  3,58%

O marido de Adriana Esteves já havia explorado sua veia cômica em diversas novelas, mas foi como o malandro Armane de Tapas e Beijos que ele realmente se encontrou no humor. Seja pelo visual cafona e desleixado, pela ética questionável ou pelo carisma e jogo de cintura, o fato é que não há quem não se divirta com Armane nas noites de terça-feira da Globo.

fernanda torres tapas e beijos

MELHOR ATRIZ DE SÉRIE NACIONAL (COMÉDIA)

1) Fernanda Torres (Fátima – Tapas e Beijos) – 39,12%
2) Fernanda Montenegro (Picucha – Doce de Mãe)  29,2%
3) Cacau Protásio (Olímpia – Trair e Coçar É Só Começar)  11,93%
4) Marieta Severo (Nenê – A Grande Família) – 9,98%
5) Andréa Beltrão (Sueli – Tapas e Beijos)  9,77%

Fernanda Torres é uma comediante de mão cheia. Com o talento certamente herdado dos pais, a grande atriz Fernanda Montenegro e o saudoso Fernanda Torres, ela forma com Andrea Beltrão a verdadeira “dupla dinâmica” do humor brasileiro nas hilariantes aventuras de Fátima e Sueli em Tapas e Beijos.

Top