Record "passa pano" para prisão de Crivella e revolta internet - Portal Overtube Record "passa pano" para prisão de Crivella e revolta internet - Portal Overtube

Record “passa pano” para prisão de Crivella e revolta internet

O prefeito do Rio de Janeiro Marcelo Crivella (Reprodução)

O prefeito do Rio de Janeiro Marcelo Crivella (Reprodução)

A notícia mais comentada do dia é, sem sombra de dúvidas, a prisão do prefeito do Rio de Janeiro, Marcelo Crivella. O político foi detido nesta terça-feira, dia 22 de dezembro, em uma ação entre a Polícia Civil e o Ministério Público.

De acordo com informações divulgadas pelo portal G1, a investigação conjunta aponta a existência de um esquema chamado de “QG da Propina” na Prefeitura da cidade, em que empresários faziam pagamentos para acessar contratos e receber valores devidos pelo município.

Como o principal acontecimento do dia no país, a notícia foi amplamente divulgada pelos veículos de imprensa. O que chamou a atenção, no entanto, foi a forma como o caso foi tratado pela Record TV durante a manhã de hoje.

Veja também:

“Gemidão” invade áudio da Globo ao vivo e âncora fica sem graça

Palmirinha volta a ser internada e família pede orações

Crivella foi conduzido ou preso?

A emissora, que pertence a Edir Macedo, tio de Marcelo Crivella, decidiu usar uma palavra bem mais amena na tela ao anunciar a prisão. “Prefeito Marcelo Crivella é conduzido para a cidade da polícia”, dizia o canal da Barra Funda.

Nas redes sociais, a atitude não pegou bem e muitas pessoas criticaram. Uma das primeiras a repercutir o fato, a comediante Dadá Coelho ironizou. “Na Record, Crivella foi apenas conduzido. Bom dia!”, disse.

Em seus famosos vídeos, o humorista Marcelo Adnet também deu uma alfinetada na Record ao imitar o prefeito. “Eu falei com várias pessoas no Rio de Janeiro que disseram que eu fui preso, mas não é verdade. Inclusive, lá na Record, emissora do meu tio, está dizendo que eu fui apenas conduzido”, disparou.

A repercussão foi grande e o nome da emissora chegou aos mais comentados do Twitter, assim como o de Edir Macedo. Veja o tweet de Dadá Coelho e o vídeo de Adnet abaixo.

Top