Repórter da GloboNews aparece com o nariz sangrando ao vivo - Portal Overtube Repórter da GloboNews aparece com o nariz sangrando ao vivo - Portal Overtube

Repórter da GloboNews aparece com o nariz sangrando ao vivo

A jornalista Candice Carvalho (Reprodução)

A jornalista Candice Carvalho (Reprodução)

Uma repórter da GloboNews passou por uma situação inusitada durante uma transmissão ao vivo exibida na programação desta quarta-feira (13) no canal da TV paga. Correspondente em Nova York, Candice Carvalho mostrou que o frio da cidade americana não está sendo fácil de lidar.

Aparecendo diretamente do programa Estúdio i, que tem a apresentação de Maria Beltrão, ela acabou tendo que lidar com uma outra situação além da baixíssima sensação térmica. O tempo seco fez com que seu nariz começasse a sangrar exatamente enquanto fazia sua participação.

“O vento deixa tudo mais complicado. Os termômetros marcam 1 grau aqui em Nova York. A média das temperaturas nos Estados Unidos nesta semana está 20 graus abaixo da média desta época do ano. Não adianta, não tem casaco que sustente esta temperatura”, afirmou Candice.

Depois, a jornalista foi questionada se Donald Trump, atual presidente dos Estados Unidos, tinha falado alguma coisa a respeito do aquecimento global, que é um assunto bastante em alta pelo mundo. Foi aí que o nariz da repórter começou a sangrar.

“Quando acontece essa mudança drástica de temperatura, as pessoas começam a falar sobre essa questão. Mas segundo os cientistas uma coisa não tem nada a ver com a outra”, explicou a profissional, evitando deixar o frio atrapalhar.

Maria Beltrão, no entanto, se incomodou ao perceber o sofrimento da colega. “Olha, pelo amor de Deus, a Candice já perdeu a audição. Está quase sem tato, vamos parar de conversar com ela porque estou morrendo de pena, deixa ela correr para dentro de um prédio”, disse a apresentadora.

Nos próximos dias, a temperatura em Nova York deve subir um pouco.

Top