Repórter do Mais Você revela que pesava 136 kg e chora ao vivo: "Uma luta" - Portal Overtube Repórter do Mais Você revela que pesava 136 kg e chora ao vivo: "Uma luta" - Portal Overtube

Repórter do Mais Você revela que pesava 136 kg e chora ao vivo: “Uma luta”

Luiza Zveiter se emocionou ao falar no Mais Você (Imagem: Reprodução/GloboPlay)

Luiza Zveiter se emocionou ao falar no Mais Você (Imagem: Reprodução/GloboPlay)

O programa Mais Você desta segunda-feira (28) exibiu um momento tocante. A apresentadora Ana Maria Braga conversou ao vivo com a repórter Luiza Zveiter, que trabalha no programa e também faz reportagens ao Encontro com Fátima Bernardes.

Durante o bate-papo, Luiza revelou que pesava nada menos que 136 kg no passado e fez uma cirurgia bariátrica aos 18 anos de idade, quando sua vida mudou completamente. Ela falou sobre a luta contra a obesidade, explicando seu ponto de vista.

“A obesidade é uma doença, mas eu enxergo muitas pessoas que são gordas, mas são felizes. E a gente tem que ser feliz. Mas acho que a gente tem que se preocupar com a saúde. E como foi uma luta que eu travei a vida toda, eu fico feliz sendo magra. É o que eu quero para a minha vida”.

Veja também:

Tatá Werneck debocha de processo da RedeTV! por rir da programação do canal

Datena detona João Dória após medidas em SP: “Eu avisei!”

Luiza Zveiter se emocionou

Na sequência, Luiza Zveiter demonstrou que o assunto a deixa muito emocionada e não conteve as lágrimas. “É uma luta tão grande, foi tão libertador”, desabafou a repórter do Mais Você, que tem 37 anos de idade.

“Nasci um bebê muito gorducho e quando cheguei aos sete anos, minha mãe me levou a um endocrinologista pela primeira vez. E foi aí que eu comecei a minha primeira reeducação alimentar”, contou Zveiter, que foi apoiada por Ana Maria Braga.

“Eu comia um sanduíche do fast food escondido da minha mãe antes de chegar em casa, e quando chegava tinha que almoçar a comida da dieta. Então eu engordava mais ainda. Eu acho que é tão delicado colocar uma criança para fazer dieta, porque com sete anos eu ainda estava na alfabetização, fiz uma conta na cantina escondida da minha mãe. Ela me mandava fruta para a escola, e eu tinha vergonha de comer”.

A cirurgia da repórter aconteceu em 2001, quando sua vida mudou drasticamente. “Quando fui crescendo percebia que as minhas amigas já tinham paquera e eu era a engraçada da turma, a divertida que brincava com os meninos. E eu entendia que eu não era bonita”, encerrou.

Top