Saiba o que é verdade e o que é mentira em série sobre Hebe no Globoplay - Portal Overtube Saiba o que é verdade e o que é mentira em série sobre Hebe no Globoplay - Portal Overtube

Saiba o que é verdade e o que é mentira em série sobre Hebe no Globoplay

Hebe, a Estrela do Brasil é estrelado por Andréa Beltrão (Reprodução)

Hebe, a Estrela do Brasil é estrelado por Andréa Beltrão (Reprodução)

GloboPlay acaba de estrear mais uma produção exclusiva. Se trata da série Hebe, que conta a história de uma das maiores apresentadoras da televisão brasileira. A produção ganhou ainda mais destaque nesta semana, já que a Globo exibiu os dois primeiros episódios em formato do filme na Tela Quente.

Quem assistiu ou vem assistindo as emoções do seriado, se pergunta se as coisas que aparecem nas cenas são reais ou se fazem parte apenas do roteiro da produção. Vários momentos polêmicos e famosos da carreira de Hebe são mostrados, mas a vida pessoal da comunicadora também tem bastante destaque na história.

O site RD1 publicou uma matéria em que garante que algumas das cenas foram escritas apenas para rechear os episódios da série da plataforma de streaming do Grupo Globo. Entre elas está uma das mais famosas da produção, que foi bastante divulgada e fez parte das chamadas que foram exibidas na televisão.

O famoso microfone ao chão

Na cena em questão, Hebe, aqui vivida pela atriz Andréa Beltrão, fica muito irritada por ser censurada em seu programa na Bandeirantes e, depois de discutir com a produção, decide que vai deixar a casa. Ela faz uma despedida ao vivo e joga o microfone ao chão antes de deixar o estúdio.

A publicação afirma que Marcelo Camargo, filho de Hebe, diz que a cena não é verdadeira. A autora do filme, no entanto, tem uma versão diferente. Usando sua conta oficial no Twitter, Carolina Kotscho respondeu um usuário que fez o questionamento.

De acordo com a profissional de cinema, a história é real. “O arquivo da imagem foi perdido, mas há registros deste episódio em jornais e revistas da época. Na ficção, juntei dois momentos de crise da Hebe na Bandeirantes: a briga com Walter Clark, no começo dos anos 80, e a briga com a censura, em 85, quando deixou a emissora”, garante.

Voltando à matéria, ela também garante que pessoas que conviveram com a apresentadora negam que ela costumava tomar uísque. É famoso o gosto de Hebe pela cerveja, mas a loira do bordão “gracinha” também gostava de se divertir bebendo vodka e champanhe.

Cabe lembrar que os primeiros episódios de Hebe foram ao ar na última segunda-feira (16) e acabaram não rendendo a audiência esperada pela Globo. Todos os episódios estão disponíveis no GloboPlay.

Top