Sérgio Chapelin revela o que vai fazer após saída do Globo Repórter - Portal Overtube Sérgio Chapelin revela o que vai fazer após saída do Globo Repórter - Portal Overtube

Sérgio Chapelin revela o que vai fazer após saída do Globo Repórter

Sérgio Chapelin no Globo Repórter (Reprodução/Globo)

Sérgio Chapelin no Globo Repórter (Reprodução/Globo)

Globo anunciou que fará algumas mudanças na apresentação de alguns de seus jornalísticos. O primeiro a sofrer com as alterações foi o Jornal Hoje, que perdeu Dony De Nuccio, seu âncora, depois que ele pediu seu desligamento da emissora.

O canal decidiu, então, que Maju Coutinho passará a ser a única a apresentar o telejornal vespertino. Sandra Annenberg, que está há anos à frente da atração, será deslocada para o Globo Repórter, que apresentará ao lado de Glória Maria.

Com as mudanças, um dos apresentadores mais longevos da Globo está saindo. Se trata de Sérgio Chapelin, contratado em 1972. Com relação ao jornalistico, ele ficou na apresentação por nada menos que 23 anos.

Em conversa com o site Notícias da TV, Chapelin afirmou que vinha pedindo sua aposentadora há algum tempo, mas que o canal pedia para que ele esperasse mais um pouco. “Agora, a emissora precisou fazer uma mudança e achou que era o momento certo. Qualquer empresa precisa de uma renovação de quadros e eu sabia que isso iria acontecer comigo, que eu seria o próximo”, diz ele.

“Saio de cena para entrar uma pessoa mais jovem”, diz ele sobre Annenberg. “Deixo o programa em boas mãos. Ela é fera, assim como a Glória Maria, e não vejo problemas em ter duas mulheres apresentando. É moderno, é poderoso”, afirma ele.

O apresentador garante que ainda não sabe o que fará depois que deixar o Globo Repórter no mês que vem. “Acredito que a pior parte vai ser me acostumar à nova rotina. A única coisa que eu sei é que não quero apresentar nada, não quero gravar textos nem fazer locução. Já li muitos textos na vida”.

Ainda na entrevista, Sérgio Chapelin diz que é um “profissional da escola antiga” e afirma ser contra âncoras darem a sua opinião no ar. “Existem comentaristas, né? O apresentador é aquele que lê o texto de forma isenta, e eu sempre fiz isso”, alega.

Por fim, o profissional diz que existe uma possibilidade de voltar a viver no interior. Ele, que nasceu em Valença, no Rio de Janeiro, diz que é um homem rural. “Gosto de andar a cavalo, cuidar da roça. Quero terminar os meus dias no campo”, conclui.

Top