Silvio de Abreu pode estar com os dias contados na dramaturgia da Globo - Portal Overtube Silvio de Abreu pode estar com os dias contados na dramaturgia da Globo - Portal Overtube

Silvio de Abreu pode estar com os dias contados na dramaturgia da Globo

Silvio de Abreu, diretor de dramaturgia da Globo (Reprodução)

Silvio de Abreu, diretor de dramaturgia da Globo (Reprodução)

A situação de Silvio de Abreu, diretor de dramaturgia da Globo, pode não ser das melhores. O nome do profissional, que é responsável por grandes sucessos das novelas brasileiras, pode estar na berlinda. Ele ocupa esse cargo desde novembro de 2014.

A informação vem do site NaTelinha, que afirma que Silvio pode ser aposentado da posição de diretor por conta dos desgastes sofridos nos últimos anos. Conforme vários jornalistas especializados já divulgaram, sua relação com os principais autores não é das melhores.

A publicação revela que muitos novelistas já consagrados na emissora reclamaram nos bastidores e as críticas chegaram à direção geral da Platinada. Entre os motivos da insatisfação está o tratamento recebido por Abreu. Muitos são medalhões da casa e acreditam que o relacionamento com a Globo deveria ser diferente.

Reclamações constantes

Um autor – que, claro, preferiu não se identificar – conversou com o NaTelinha e reclamou do método usado pelo diretor para aprovar uma sinopse. Segundo ele, não é correto que seja exigido de um autor consagrado o mesmo de um autor inexperiente.

Em contrapartida, é exatamente isso o que vem acontecendo. O Fórum de dramaturgia criado por Silvio de Abreu deixa um grupo de jovens – que sequer escreveram novelas – analisar sinopses de grandes e conhecidos autores da Globo. E essa reclamação teria sido compreendida pela cúpula.

Desde que Silvio assumiu a direção da dramaturgia, muitos novelistas famosos foram dispensados – caso de Aguinaldo Silva e Antônio Calmon, por exemplo. Além disso, outros nomes foram aposentados e sinopses de grandes autores foram barradas.

Por fim, a publicação afirma que a Globo estaria pensando em um nome para substituir o profissional ainda em 2020. Atualmente, o de maior força seria de Ricardo Waddington, diretor de produção. A emissora foi procurada e negou as informações.

Top