Tela Quente: Globo exibe o filme ‘Eu, Tonya’ nesta segunda (30/05/2022)

Eu, Tonya é o filme da Tela Quente, da Globo (Imagem: Reprodução)

Eu, Tonya é o filme da Tela Quente, da Globo (Imagem: Reprodução)

Globo exibirá um filme dramático e baseado em fatos reais na sessão Tela Quente desta segunda-feira (30). A emissora carioca escalou Eu, Tonya, que foi lançado originalmente em 2017 e vai ao ar a partir das 22h35, logo depois da novela Pantanal.

A direção do longa-metragem fica por conta do cineasta Craig Gillespie. Estão no elenco da produção os atores Allison Janney, Julianne Nicholson, Paul Walter Hauser, Sebastian Stan e Margot Robbie.

Leia outras notícias de hoje Portal Overtube:

Morre o ator Milton Gonçalves, de A Favorita, aos 88 anos

Ana Maria Braga testa positivo para a Covid-19 e se afasta da Globo

Sinopse e trailer da Tela Quente

Desde muito pequena exibindo talento para patinação artística no gelo, Tonya Harding (Margot Robbie) cresce se destacando no esporte e aguentando maus-tratos e humilhações por parte da agressiva mãe (Allison Janney).

Entre altos e baixos na carreira e idas e vindas num relacionamento abusivo com Jeff Gillooly (Sebastian Stan), a atleta acaba envolvida num plano bizarro durante a preparação para os Jogos Olímpicos de Inverno de 1994. Baseado em fatos reais.

Veja o trailer de Eu, Tonya, atração da Tela Quente:

Mais filme na Globo

No dia seguinte tem mais filme na Globo. A Sessão da Tarde da terça-feira, dia 31 de maio, exibirá um filme de comédia romântica. A emissora carioca escalou Nossa União, Muita Confusão, que vaia ao ar a partir das 15h30, depois da novela O Cravo e a Rosa.

O longa-metragem norte-americano foi dirigido pelo cienasta Rick Famuyiwa e tem os atores America Ferrera, Forest Whitaker, Carlos Mencia e Regina King no elenco.

Quando uma moça de uma tradicional família mexicana e um rapaz de uma tradicional família afro-americana resolvem se casar, os Boyd (parentes dele) e os Ramirez (parentes dela) irão bater de frente, na tentativa de preservar ao máximo a própria cultura durante a cerimônia.

Top