Torta de climão: Kéfera discute com convidado do Encontro com Fátima Bernardes - Portal Overtube Torta de climão: Kéfera discute com convidado do Encontro com Fátima Bernardes - Portal Overtube

Torta de climão: Kéfera discute com convidado do Encontro com Fátima Bernardes

Kéfera ficou irritado com comentário antifeminismo de convidado no Encontro (Reprodução)

Kéfera ficou irritado com comentário antifeminismo de convidado no Encontro (Reprodução)

A atriz Kéfera Bunchmann foi uma das convidadas do Encontro com Fátima Bernardes desta quinta-feira (13) e acabou gerando um certo ‘climão’ durante o programa.

A atração também recebia a escritora Heloísa Buarque de Hollanda e comentava cobre a quarta onda feminista, um tema polêmico e muito atual. Durante a conversa, Fátima pediu a opinião das pessoas que participavam da plateia.

Um dos convidados, que se identificou apenas como Wallace, comentou: “Na teoria, elas falam que tem que respeita, tem que ser isso e tem que ser aquilo. Mas na prática começam com agressões”, disparou o homem.

Ele contou sobre um caso de um homem que foi atacado por mulheres depois de publicar uma opinião nas redes sociais. “Parece que ele atacou uma colmeia. ‘Você mexeu com uma, mexeu com todas, quero ver se você é macho o suficiente’. Ele automaticamente excluiu a rede social. Os direitos não são iguais. Quando elas falam em assédio, dos direitos, tudo bem, mas…”

Incomodada, Kéfera interrompeu o convidado e disse: “Oi? Explica mais?”, pediu. “Wallace, o que você está fazendo é mansplaining, que é o homem explicando o feminismo pra uma mulher. Não é necessário. A gente sabe muito bem o que é feminismo e entendemos seu ponto de vista, só que é desnecessário”, disse a atriz de Espelho da Vida, que foi aplaudida.

Wallace tentou falar mais um pouco, mas ela continuou. “Agora você está manterrupting, que é quando você tenta interromper uma mulher explicando o feminismo pra ela. Não é assim. Wallace, entenda: não é o seu lugar de fala. Você pode ouvir, complementar e nos respeitar. Você não tem que ensinar pra gente”, disse.

O convidado respondeu e disse que estava apenas ilustrando o assunto. “Em nenhum momento eu tô ensinando ninguém, só tô dando exemplo”, finalizou. Na tentativa de diminuir o constrangimento, Fátima disse que, como muitas pessoas pensam dessa forma, é importante ouvir alguém falar. “Pensam que o feminismo é viável apenas no papel. A gente precisa falar mais sobre isso. Quando a gente fala em feminismo e ela [Kéfera] em igualdade de direitos, é em vários aspectos: nas oportunidades, na questão do salário, na questão do respeito às nossas posições”, disse a apresentadora, deixando o ‘climão’ de lado.

O assunto foi um dos mais comentados no Twitter e a maioria das publicações apoiavam a postura adotada pela youtuber.

Veja um trecho do programa

Top