Trabalhando na madrugada, repórter da Globo tira licença por estafa - Portal Overtube Trabalhando na madrugada, repórter da Globo tira licença por estafa - Portal Overtube

Trabalhando na madrugada, repórter da Globo tira licença por estafa

Globo (Reprodução)

Globo (Reprodução)

Trabalhar na madrugada não é tarefa fácil e mais um funcionário da Globo vem passando por maus bocados por conta disso. Se trata do repórter Rafael Ihara, que acaba de tirar uma licença-médica por estafa, decorrente justamente de seu trabalho ao alvorecer.

De acordo com informações divulgadas pelo site Notícias da TV, Rafael atua no horário das 23h às 5h da manhã, caminhava pelas ruas de São Paulo e aparecia em atrações matinais como o Hora Um e o Bom Dia São Paulo.

Por conta desse horário difícil, no entanto, ele acabou sofrendo uma estafa. Depois de sofrer um mal-estar, foi afastado. Ao retornar, nesta semana, a emissora carioca decidiu evitar novos problemas e alterou seu horário de trabalho.

Procurada pela publicação, a Globo enviou uma nota. “A movimentação faz parte de ajustes normais nas escalas. Atualmente, a jornalista Tássia Sena faz o horário da madrugada. O Rafael Ihara está em escalas pela manhã e à tarde”.

O desconforto dos jornalistas que trabalham na madrugada não vem de hoje. Um exemplo considerado é o de Monalista Perrone. A ex-apresentadora do Hora Um tentou mudar de horário em diversas ocasiões. Sem sucesso, se demitiu e foi contratada pela CNN Brasil.

Marcelo Cosme no Hora Um

Marcelo Cosme no Jornal Hoje, da Globo (Reprodução/GloboPlay)

Por falar no Hora Um, ele será apresentado por um período pelo jornalista Marcelo Cosme. O apresentador da GloboNews vai cobrir Marcelo Kovalick durante um período e acabou gerando certo burburinho nos bastidores. Leia a matéria completa aqui.

Top