Túlio Gadêlha acusa Bolsonaro de cometer o mesmo crime de Dilma e ameaça: “Entraremos com uma ação” - Portal Overtube Túlio Gadêlha acusa Bolsonaro de cometer o mesmo crime de Dilma e ameaça: “Entraremos com uma ação” - Portal Overtube

Túlio Gadêlha acusa Bolsonaro de cometer o mesmo crime de Dilma e ameaça: “Entraremos com uma ação”

Túlio Gadêlha acusa Bolsonaro do mesmo crime de Dilma

Túlio Gadêlha acusa Bolsonaro do mesmo crime de Dilma

No dia em que a Câmara aprovou o texto da Reforma da Previdência, o deputado federal Túlio Gadêlha, namorado de Fátima Bernardes, acusou o presidente Jair Bolsonaro de cometer o crime de responsabilidade. Segundo o parlamentar, o governo liberou dinheiro sem autorização do legislativo, o mesmo que ocorreu com Dilma Rousseff.

No Instagram, Gadêlha explicou. “Foram liberados R$ 444 milhões para comprar votos de deputados para aprovar a Reforma da Previdência. Por esse motivo, Bolsonaro pode ter cometido crime de responsabilidade”.

“Isso mesmo, o governo liberou mais de R$1 bilhão em emendas. Desse valor, R$444.513.894,00 não têm autorização legislativa, o que é irregular e pode ser enquadrado em crime de responsabilidade”, continuou.

“Despesas públicas dependem de autorização expressa do legislativo. O governo pode executar uma emenda na sua totalidade, mas não pode extrapolar o valor autorizado pelo legislativo. Isso é crime”, disse ainda.

Ao final do texto, o parlamentar afirmou que vai entrar com uma ação. “Entraremos com um ação popular com tutela de urgência para evitar esse dano ao povo brasileiro.”

Top