Vera Magalhães é massacrada por bolsonaristas e TV Cultura manifesta apoio à jornalista - Portal Overtube Vera Magalhães é massacrada por bolsonaristas e TV Cultura manifesta apoio à jornalista - Portal Overtube

Vera Magalhães é massacrada por bolsonaristas e TV Cultura manifesta apoio à jornalista

Vera Magalhães, atual apresentadora do Roda Viva (Reprodução)

Vera Magalhães, atual apresentadora do Roda Viva (Reprodução)

O presidente da República Jair Bolsonaro está, mais uma vez, envolvido em uma polêmica com um importante nome do jornalismo brasileiro. Agora se trata de Vera Magalhães, que é a atual apresentadora do Roda Viva, um dos programas mais tradicionais da televisão nacional.

A história começou na última terça-feira, dia 25 de fevereiro, quando Vera revelou que Bolsonaro compartilhou de seu aparelho celular um vídeo em que conclama para que o público faça manifestações no dia 15 de março apoiando o governo e em oposição ao Congresso Nacional e ao STF (Supremo Tribunal Federal).

Desde o momento em que a bomba explodiu, Magalhães vem recebendo diversas agressões e ataques nas redes sociais, inclusive com a divulgação de supostos (e já desmentidos) prints que teriam sido feitos a partir de seu telefone particular, além da divulgação de seus dados pessoais em uma falsa conta de WhatsApp.

TV Cultura, emissora que exibe o Roda Viva e uma das empregadoras da jornalista, decidiu manifestar apoio à ela e distribuiu uma nota em que fala a respeito do tema e repudia com veemência todos os ataques sofridos pela profissional de imprensa.

Leia a nota completa (via Cristina Padiglione):

“A Fundação Padre Anchieta – Rádio e TV Cultura vem a público apoiar incondicionalmente a jornalista Vera Magalhães, colunista do jornal O Estado de S. Paulo e apresentadora do Roda Viva, programa de entrevista da TV Cultura.

Vera, exercendo sua profissão com responsabilidade e dignidade, teve seus dados pessoais expostos através de uma conta falsa de WhatsApp depois de noticiar que o presidente Jair Bolsonaro divulgou vídeo com convocação para ato contra o Congresso Nacional programado para o mês que vem.

Vera Magalhães foi alvo de linchamento virtual, o que é veementemente repudiado pela Fundação Padre Anchieta.

Uma imprensa livre e responsável é fundamental para a garantia do funcionamento das instituições e da democracia”.

Top