Xuxa insinua censura da Record sobre críticas ao governo: "Vontade de gritar e berrar" - Portal Overtube Xuxa insinua censura da Record sobre críticas ao governo: "Vontade de gritar e berrar" - Portal Overtube

Xuxa insinua censura da Record sobre críticas ao governo: “Vontade de gritar e berrar”

Xuxa Meneghel ao participar do extinto Programa do Porchat, na Record (Reprodução)

Xuxa Meneghel ao participar do extinto Programa do Porchat, na Record (Reprodução)

Contratada da Record desde 2015, a apresentadora Xuxa Meneguel deu a entender que sofre censura da emissora de Edir Macedo no que diz respeito às críticas ao atual governo do presidente Jair Bolsonaro.

No início do mês, a eterna Rainha dos Baixinhos decidiu usar sua conta oficial em uma rede social para se posicionar publicamente contra Bolsonaro. Na ocasião, ela apoiou uma campanha chamada “#somos70porcento”, que reuniu muitos artistas.

O termo “somos 70 por cento” foi criada pelo economista Eduardo Moreira e faz uma referência a uma pesquisa realizada pela Datafolha. Ela diz que 70% rejeitam a aproximação com o Centrão, por exemplo.

Em uma conversa com a coluna Painel do jornal Folha de S. Paulo desta segunda-feira (8), Xuxa Meneghel foi questionada a respeito da utilização do selo “antifascista”. E ela afirmou ter “muita vontade de gritar, berrar”, mas não pode.

“Gostaria muito de dar minha opinião sincera, mas infelizmente nós artistas assinamos um contrato que não podemos falar sobre política”, afirmou, dando a entender que é proibida pela Record de opinar a respeito. A amigos e colegas, faz questão de dizer ser contra o machismo, o racismo e a homofobia.

Vale lembrar que a Record faz parte da lista das emissoras brasileiras que já deixaram claro que fazem apoio a Jair Bolsonaro. Além do canal de Edir Macedo, o SBT, a Band e a RedeTV! também já se posicionaram a favor do governo. A Globo vai no caminho contrário.

Dono da RedeTV! critica Luciano Huck

Luciano Huck agradeceu ao público pelo apoio após acidente do filho (Reprodução/TV Globo)
Luciano Huck agradeceu ao público pelo apoio após acidente do filho (Reprodução/TV Globo)

Existe uma grande possibilidade de que o apresentador Luciano Huck, da Globo, seja candidato à presidência em 2022. Ele não contará com o apoio de Marcelo de Carvalho, dono da RedeTV!, que acaba de fazer muitas críticas ao comunicador depois de uma proposta de um programa social. Entenda o caso clicando aqui.

Top