Atriz que mostrou os seios na série Hebe revela dificuldade para gravar: "constrangida" - Portal Overtube Atriz que mostrou os seios na série Hebe revela dificuldade para gravar: "constrangida" - Portal Overtube

Atriz que mostrou os seios na série Hebe revela dificuldade para gravar: “constrangida”

Stella Miranda como Dercy Gonçalves ao lado de Andréa Beltrão na série Hebe (Divulgação/Globoplay)

Stella Miranda como Dercy Gonçalves ao lado de Andréa Beltrão na série Hebe (Divulgação/Globoplay)

A série Hebe estreou no Globoplay e já está dando o que falar. No primeiro episódio, Stella Miranda encarna Dercy Gonçalves e no palco do programa da apresentadora, mostra os seios. Em entrevista, a atriz disse ter ficado constrangida em ter de gravar a cena.

Nesta segunda-feira (16) a produção promete ganhar mais repercussão, quando terá seus dois primeiros episódios exibidos no formato de telefilme na Tela Quente, da TV Globo.

Em entrevista ao Jornal Extra, Stella Miranda contou que teve dificuldades em gravar a cena em mostra os seios para a plateia do programa Hebe. O fato aconteceu nos anos 80, quando Dercy Gonçalves era uma das convidadas da apresentadora em seu programa.

Segundo a atriz, a gravação foi feita várias vezes e de diversos ângulos e contava com uma plateia e produção do filme, que virou série no Globoplay.

“Foi difícil fazer. Além de ter uma equipe inteira, umas 100 pessoas, tinha um público na plateia assistindo. E tinha que mostrar e repetir a gravação umas 45 vezes, de lado, de frente…”, contou.

Em seguida, Stella disse ter ficado constrangida em ter que mostrar os seios várias vezes para gravar a cena, mas ficou satisfeita com o resultado.

“Claro que fiquei um pouco constrangida, mas eu estava tão dentro da Dercy, vivendo tão a personagem, que não me vejo ali. Fiquei muito orgulhosa de me ver”, revelou.

Stella Miranda é atriz e humorista e tem 69 anos, sendo 30 só de carreira. De acordo com o Uol, até então ela havia feito cenas de nudez somente no teatro.

Na entrevista, ela revelou ainda que a família aceitou muito bem o seu trabalho no seriado e ainda aproveitou para brincar: “os namorados também gostaram”.

Globo troca Hebe por O Auto da Compadecida

Após cancelar a exibição da minissérie Hebe na TV aberta, a Globo já escalou uma substituta para ocupar a faixa das 22h entre os dias 7 e 10 de janeiro. Trata-se de O Auto da Compadecida, em sua versão original como minissérie.

Para quem não lembra, O Auto da Compadecida foi uma minissérie baseada na obra de Ariano Suassuna exibida em 1999 na TV Globo. Apesar disso, o que acabou ficando na memória do público foi a versão compacta em forma de filme, que levou mais de 2 milhões de espectadores aos cinemas e reprisada várias vezes pela emissora.

De acordo com a TV Globo, a reprise da minissérie O Auto da Compadecida no horário nobre se dá em comemoração aos 20 anos da sua produção e primeira exibição na telinha.

A notícia já havia sido confirmada por Virgínia Cavendish em suas redes sociais, embora a atriz falasse da exibição para dezembro; a Globo então, por meio de nota a imprensa, corrige a informação para janeiro de 2020.

O Auto da Compadecida é baseada na peça teatral em três atos escrita por Ariano Suassuna em 1955. Conta a história de João Grilo e Chicó, dois nordestinos pobres que vivem de golpes para sobreviver. Eles estão sempre enganando o povo de um pequeno vilarejo no sertão da Paraíba, inclusive o temido cangaceiro Severino de Aracaju, que os persegue pela região. Somente a aparição da Nossa Senhora poderá salvar esta dupla.

Paulo Victor
Professor e entusiasta da sétima arte, atua na internet há mais de dez anos produzindo conteúdo sobre séries e cinema, aprecia a dramaturgia para as diferentes telas.
Top