Fernanda Nobre surpreende em desabafo sobre relacionamento abusivo - Portal Overtube Fernanda Nobre surpreende em desabafo sobre relacionamento abusivo - Portal Overtube

Fernanda Nobre surpreende em desabafo sobre relacionamento abusivo

Diana (Fernanda Nobre) em Deus Salve o Rei

Diana (Fernanda Nobre) em Deus Salve o Rei

A atriz Fernanda Nobre decidiu fazer algumas revelações. Durante uma transmissão ao vivo em que apareceu ao lado da também atriz Samara Felippo, ela revelou que sofreu durante anos com um relacionamento abusivo.

As duas atuaram juntas em uma temporada de Malhação, da Globo, há alguns anos. Sobre o tema, Fernanda afirmou que sua personagem foi muito importante naquele momento, já que tratou sobre assuntos tabus e delicados naquela ocasião.

“A Bia falou de gravidez na adolescência e foi genial o autor ter abordado isso. A Bia engravidou de um abuso. Foi um estupro do Perereca [personagem de Márcio Keling]. Não era exposto, nem falado com todas as letras, mas ficava subentendido”, disse.

Corpo e relacionamento abusivo

A atriz ainda falou sobre a criação da mãe e até um momento difícil de crise com o corpo. “Minha mãe é separada, mas não fui de uma criação feminista. Quando fiz Malhação, por exemplo, eu era tensa. Era uma pessoa muito tensa. Não queria errar. Logo que eu entrei, enfrentei uma pressão. Tinha uns 16 anos e era odiada pela Bia. Ia para balada e tinha uns homens brucutus que me jogavam cigarro e falavam: ‘Não gosto de você, Bia’”, comentou.

Um relacionamento abusivo sofrido por anos também foi tema do bate-papo. “Em 2015, foi a #MeuPrimeiroAbuso, no Facebook, que percebi que vivi um casamento abusivo por oito anos. Quem me despertou foram outras mulheres. Casei com 21 anos e separei aos 28. Tive muito da minha juventude anulada”, desabafa a artista.

Antes de encerrar, a troca da Globo pela Record também foi tema. “Foi ótimo financeiramente, mas quando a igreja começou a entrar mais, interferir, eu saí. Quando saí, eu me dediquei mais ao teatro e voltei para a Globo emDeus Salve Rei, em 2018″.

Top