Geisy Arruda dispensa calcinha e exibe clique ousado na web - Portal Overtube Geisy Arruda dispensa calcinha e exibe clique ousado na web - Portal Overtube

Geisy Arruda dispensa calcinha e exibe clique ousado na web

A influenciadora Geisy Arruda voltou a posar com sensualidade (Imagem: Reprodução/Instagram)

A influenciadora Geisy Arruda voltou a posar com sensualidade (Imagem: Reprodução/Instagram)

A sempre ousada Geisy Arruda voltou a chamar a atenção no Instagram. A beldade publicou uma imagem em que surge bebendo vinho na porta da geladeira e deixou seus seguidores em chamas por dois detalhes.

Com uma lingerie para lá de sensual, ela decidiu dispensar a calcinha e cobriu as partes íntimas apenas com um avental. Na legenda da postagem, Geisy aproveitou para fazer um desabafo a respeito de uma frase machista.

“Seja uma dama na sociedade e uma pu** na cama”, escreveu. “É uma triste frase machista. Porque se comportar como uma ‘dama’, tentando agradar, e se enquadrar no padrão ‘dama’? Que tal ser dona da sua vida, independente, leve e solta”, questionou.

Na sequência, ela finaliza: “A meta é ficar bem emocionalmente, sem depender de ninguém. E sobre a ‘pu**’ , que tal conhecer o seu corpo, ser dona dele e ter sua liberdade sexual? Então eu prefiro a frase: ‘Seja quem você quiser ser na sociedade e seja feliz na cama”, concluiu.

Milhares de pessoas curtiram a publicação, que também ganhou muitos comentários.

Filmes adultos

Em entrevista recente ao colunista Fefito, Geisy afirmou que pretende transformar seus contos, que fazem parte de livros publicados, em filmes adultos. “Já ofereci para as Brasileirinhas e a gente está conversando”, anunciou.

“Mandei para eles lerem meus textos e talvez role”, disse ela, que garante que não vai atuar em nenhuma das produções. “Eu entraria como diretora e autora das cenas, não como atriz. Teria de ser algo mais programado e feito com cuidado”, garante.

Para Geisy Arruda, as pessoas acabariam ficando decepcionadas. “Porque quem consome pornografia gosta do tudo ou nada. Se você não transa não tem o que fazer lá na cena, não tem essa margem de arte”, continuou.

E a famosa revelou como lida com o assédio. “Tenho que estabelecer limites. Há dez anos me reafirmo como mulher por causa de um vestido curto ou porque escrevo contos eróticos. Quero fazer o filme como diretora, mas tem de ter muito cuidado com essa ideia”, concluiu.

Top