Geisy Arruda quase foi demitida da Record após revelação chocante sobre sexo na TV - Portal Overtube Geisy Arruda quase foi demitida da Record após revelação chocante sobre sexo na TV - Portal Overtube

Geisy Arruda quase foi demitida da Record após revelação chocante sobre sexo na TV

Geisy Arruda

Geisy Arruda

Famosa por falar abertamente sobre sexo, a influenciadora digital Geisy Arruda está prestes a lançar Desejo Proibido, seu segundo livro de contos eróticos. E a famosa decidiu contar algumas das histórias que vão ilustrar a publicação.

Em entrevista ao portal UOL, Arruda conta que muitos dos contos são espelhos de acontecimentos de sua própria vida. “Faço questão de escrever conteúdo com história”, diz ela, que se incomoda com a falta de contexto em filmes adultos.

A influenciadora revela que por pouco não perdeu seu emprego na Record há alguns anos. Ela trabalhava no quadro Escolinha do Gugu e fez uma participação no programa de Danilo Gentili. Na ocasião, ela revelou que pagou uma corrida de táxi com sexo.

“Fui chamada pela direção do programa do Gugu e ganhei uma suspensão. Foi por conta dessa minha entrevista. O Gentili me mandou uma caixinha de bombom pedindo desculpas, que não tinha sido a intenção dele. Eu me empolguei demais e comecei a falar sobre meus fetiches, loucuras e desejos proibidos”, revela.

Outras histórias

Ainda na entrevista, Geisy Arruda contou que chegou a usar um cinto de castidade. Ela explica que decidiu passar pela experiência durante sua preparação para escrever seu primeiro livro. A peça consiste em trancar as partes íntimas com um cadeado.

“Pedi um cinto sob medida e usei por alguns dias. É gelado! É muito estranho aquele ferro com um cadeado e uma chave tampando a minha arrudinha [apelido que brinca com seu sobrenome]”, afirmou a moça.

Ela conta como se sentiu com a peça. “Tive que entender por que era tão excitante não ter o poder de tocar, lavar, depilar a genitália. As pessoas com esse estilo de vida possuem um dono, que é o portador da chave. Elas precisam de autorização para tudo”, diz.

Geisy ainda disse que gosta de participar de swings, mas explica que se incomoda quando é reconhecida durante a prática. Ela conta, por exemplo, que em certa ocasião acabou não conseguindo se divertir.

“Já fui reconhecida e foi horrível. Fiquei muito brava, porque a pessoa começou a gritar meu nome e a correr atrás de mim no labirinto do swing. Foi um constrangimento terrível, todo o mundo soube da minha presença ali. Acabei não fazendo nada nesse dia porque fiquei constrangida”, diz ela, que conta já ter se disfarçado.

Top