blank Geisy Arruda revela fetiche em anões e procura homem para ser "corno" - Portal Overtube Geisy Arruda revela fetiche em anões e procura homem para ser "corno" - Portal Overtube

Geisy Arruda revela fetiche em anões e procura homem para ser “corno”

A influenciadora Geisy Arruda voltou a posar com sensualidade (Imagem: Reprodução/Instagram)

A influenciadora Geisy Arruda voltou a posar com sensualidade (Imagem: Reprodução/Instagram)

A influenciadora Geisy Arruda é famosa por falar abertamente sobre sexo. A moça não apenas trata com frequência do assunto, mas também é escritora de livros de contos eróticos e sempre exibe fotos e vídeos de seu corpo nas redes sociais.

“Sincerona” como é conhecida, ela decidiu fazer duas revelações para lá de íntimas para seus seguidores no Instagram. Geisy conta atualmente com nada menos que 2,6 milhões de seguidores na plataforma de áudio e vídeo.

Questionada mais uma vez sobre um fetiche do qual já tinha falado, ela confirmou que tem vontade de se envolver com anões. “Ainda não realizei. É meu sonho”, disse ela, que respondia perguntas dos fãs através da ferramenta stories.

Outro internauta foi mais além e tinha curiosidade de saber se ela gosta de “homem com fetiche de ser corno”. Surpreendendo o fã (ou não), ela garante que sim. “Estou procurando um desses para mim. [Quero] esculhambar a vida dele e ele gostar”, disparou.

Ao encerrar o assunto picante, Geisy Arruda garantiu que nesse momento não tem nenhum contatinho para “curtir”. Então tá bom!

Filmes adultos

Em entrevista recente ao colunista Fefito, Geisy afirmou que pretende transformar seus contos, que fazem parte de livros publicados, em filmes adultos. “Já ofereci para as Brasileirinhas e a gente está conversando”, anunciou.

“Mandei para eles lerem meus textos e talvez role”, disse ela, que garante que não vai atuar em nenhuma das produções. “Eu entraria como diretora e autora das cenas, não como atriz. Teria de ser algo mais programado e feito com cuidado”, garante.

Para Geisy Arruda, as pessoas acabariam ficando decepcionadas. “Porque quem consome pornografia gosta do tudo ou nada. Se você não transa não tem o que fazer lá na cena, não tem essa margem de arte”, continuou.

E a famosa revelou como lida com o assédio. “Tenho que estabelecer limites. Há dez anos me reafirmo como mulher por causa de um vestido curto ou porque escrevo contos eróticos. Quero fazer o filme como diretora, mas tem de

Top