Jornalista da Globo detona exposição do caso Klara Castanho: ‘É um crime’

Ana Paula Araújo criticou exposição de Klara Castanho

Ana Paula Araújo criticou exposição de Klara Castanho

Ana Paula Araújo detonou a exposição do caso Klara Castanho durante uma conversa com Rodrigo Bocardi no Bom Dia São Paulo desta segunda-feira (27).

No telejornal da Globo, o âncora falou do caso da atriz de 21 anos que revelou ter engravidado após ter sofrido violência sexual. Klara Castanho optou pela adoção legal mas, apesar de tudo ser feito em sigilo e com respaldo da justiça, os dados vazaram.

Rodrigo Bocardi noticiou que Conselhos de Enfermagem vão investigar o vazamento de dados da atriz e e acerca da adoção legal.

“Você acompanhou isso? Esse grande absurdo”, disse o apresentador. “Tem uma sindicância que todos nós como cidadãos podemos fazer ao abominar e condenar todo tipo de fofoca, invasão à vida alheia e não dar um clique sequer para quem prega esse tipo de crime no nosso país”, continuou.

Leia também:

Globo é criticada por chamada do novo Encontro sem Manoel Soares: ‘Deixado de lado’

Elizangela recusa vacina da Covid e fica de fora da novela Travessia

Ana Paula Araújo critica vazamento de dados de Klara Castanho

Rodrigo Bocardi ainda conversou com Ana Paula Araújo, que participou ao vivo do Bom Dia São Paulo para trazer os destaques do Bom Dia Brasil.

“A gente também vai mostrar tudo sobre essa história absurda envolvendo a atriz Klara Castanho. Exatamente como você falou, não é fofoca. É um crime divulgar informações sobre uma adoção que foi feita de maneira completamente legal”, disse a jornalista.

Em seguida, ela continuou: “É um crime mesmo que não fosse fruto de uma gravidez decorrente de um estupro. É um direito, ela fez tudo de acordo com a lei. Foi um massacre o que a gente viu acontecer com essa menina, de todos os tipos de violência. Teve a violência sexual, depois teve a violência do péssimo atendimento que ela teve no hospital, da divulgação de informações sigilosas, o que é um crime”.

Leia também:

Atriz critica presença de Jade Picon em Travessia: ‘Privilegiadas’

Saiba quem foi o ator de Pantanal que morreu e foi homenageado em novela

Tudo sobre o caso Klara Castanho

A atriz Klara Castanho esteve entre os assunto mais comentados na web após ter revelado que sofreu violência sexual, engravidou e cumpriu as exigências para entrega da criança para adoção legal.

“Esse é o relato mais difícil da minha vida. Pensei que levaria essa dor e esse peso somente comigo. Sempre mantive a minha vida afetiva privada, assim, expô-la dessa maneira é algo que me apavora e remexe dores profundas e recente. No entanto, não posso silenciar ao ver pessoas conspirando e criando versões sobre uma violência repulsiva e de um trauma que sofri. Fui estuprada”, disse a atriz em desabafo em seu perfil no Instagram.

Neste domingo (26), o Fantástico expôs os jornalistas que vazaram as informações sigilosas sobre o caso da atriz e ainda a apresentadora da Jovem Pan, Antônia Fontenelle, que fez duras críticas a Klara Castanho em uma live numa rede social.

De acordo com a reportagem exibida na revista eletrônica da Globo, tudo começou quando o jornalista Matheus Baldi publicou em 24 de maio a notícia de que Klara Castanho teria dado à luz um bebê. A atriz entrou em contato com o jornalista e explicou a sua situação e a pedido da mesma, a publicação foi apagada pelo jornalista.

No entanto, a notícia se espalhou rapidamente. Na quinta-feira (23), Antônia Fontenelle expôs novamente a atriz, incitando comentários desagradáveis na web. Por fim, o jornalista Leo Dias publicou em sua coluna no portal Metrópoles todos os detalhes sobre a adoção legal de Klara Castanho, inclusive dados sigilosos supostamente vazados por uma enfermeira do hospital onde a atriz teve a criança – confira aqui a íntegra do desabafo de Klara Castanho.

Paulo Victor
Professor e entusiasta da sétima arte, atua na internet há mais de dez anos produzindo conteúdo sobre séries e cinema, aprecia a dramaturgia para as diferentes telas.
Top