No Jornal da Globo, Renata Lo Prete critica Bolsonaro após ataque a repórter - Portal Overtube No Jornal da Globo, Renata Lo Prete critica Bolsonaro após ataque a repórter - Portal Overtube

No Jornal da Globo, Renata Lo Prete critica Bolsonaro após ataque a repórter

Renata Lo Prete é a apresentadora do Jornal da Globo (Reprodução)

Renata Lo Prete é a apresentadora do Jornal da Globo (Reprodução)

O presidente Jair Bolsonaro, grande colecionador de polêmicas, tem mais uma situação controversa pra chamar de sua. Ele voltou a ser criticado nesta terça-feira (18) ao atacar a jornalista Patrícia Campos Mello, do jornal Folha de S. Paulo, com uma insinuação sexual.

Enquanto concedia uma entrevista na frente de um grupo de simpatizantes na frente do Palácio da Alvorada, ele disparou contra a profissional de imprensa. “Ela [Patrícia] queria um furo. Ela queria dar o furo”, diz ele, aos risos. Na sequência, conclui: “A qualquer preço contra mim”.

No caso, o governante se referia ao depoimento feito na semana passada na CPMI das Fake News no Congresso por um ex-funcionário de uma agência que trabalha com disparos de mensagens em massa via WhatsApp.

Renata Lo Prete se manifesta

As declarações de Jair Bolsonaro caíram como uma bomba nas redes sociais e nos veículos de comunicação, que criticaram a atitude do presidente da República. Quem também decidiu dar a sua opinião e protestar foi a também jornalista Renata Lo Prete, apresentadora do Jornal da Globo.

A âncora se manifestou afirmando que, assim seus outros colegas, tem o sentimento de grande indignação com a postura de Bolsonaro. Ela ressaltou em seu discurso que é necessário se respeitar a dignidade das pessoas.

Quando uma reportagem a respeito do caso foi exibida, Renata retornou e declarou: “Antes de continuar, como jornalista e mulher não posso deixar de dizer que meu sentimento é das minhas colegas e meus colegas: profunda indignação”, iniciou.

“Isso não tem nada a ver com política, tem a ver com a dignidade das pessoas, que todos nós temos que respeitar a começar pelo presidente que pelas suas palavras parece se eximir dessa obrigação tão básica”, completou a apresentadora.

Top